Wall Street fecha com ganhos apesar da subida da inflação nos Estados Unidos

Neste arranque de mais uma ‘earnings season’, sobressai o JP Morgan. O banco norte-americano fechou o dia com uma perda de 2,61% para 161,05 dólares, apesar de reportar um lucro de 11,7 mil milhões de dólares (10 mil milhões de euros) no terceiro trimestre do ano.

A bolsa de Nova Iorque fechou a sessão desta quarta-feira em terreno negativo, no rescaldo da divulgação dos dados do IPC norte-americano que revelaram que a taxa de inflação nos Estados Unidos atingiu os 5,4% em setembro, o que representa o valor mais elevado em 13 anos. Os investidores estão ainda atentos ao arranque de mais uma época de resultados das trimestrais das empresas.

Wall Street termina as negociações com o índice industrial Dow Jones flat nos 34.377,81 pontos, o financeiro Standard & Poor’s (S&P) 50o a ganhar 0,33% para 4.365,00 pontos e o tecnológico Nasdaq a subir 0,73% para 14.571,60 pontos. Por sua vez, o Russel 2000 valorizou 0,55% para 2.245,65 pontos.

Neste arranque de mais uma earnings season, sobressai o JP Morgan. O banco fechou o dia com uma perda de 2,61% para 161,05 dólares, apesar de reportar um lucro de 11,7 mil milhões de dólares (10 mil milhões de euros) no terceiro trimestre, o equivalente a 3,74 dólares por ação. Ou seja, números que surpreenderam os analistas.

A companhia aérea Delta Airlines, que foi a primeira a divulgar contas, tombou 5,76% para 41,03 dólares. Segundo Ramiro Loureiro, trader do Milennium bcp, apesar de ter tido lucros acima do previsto, “está a ser condicionada pela previsão de que o aumento de custos com combustíveis a faça regressar aos prejuízos no atual trimestre”.

O preço do ‘ouro negro’ está a cair menos de 1%. O preço do WTI, produzido no Texas, está a descer 0,07% para os 80,58 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent está a desvalorizar 0,13% para os 83,31 dólares.

Quanto ao mercado cambial, o euro está a subir 0,56% para os 1,1592 dólares, enquanto a libra esterlina ganha 0,57% face à moeda dos Estados Unidos, para os 1,3662 dólares.

“Enquanto alguns membros da Fed parecem deixam de acreditar que a inflação é apenas transitória, a secretária do Tesouro, Yellen, referiu que acredita que a alta inflação nos Estados Unidos é transitória. Bullard, da Fed, disse que apoia o início do tapering em novembro e também que, se for necessário, a Fed deveria aumentar as taxas de juro já na primavera ou no verão do próximo ano”, destaca Henrique Tomé, analista da XTB em research.

Recomendadas

Wall Street encerra ‘mista’ com destaque para sector tecnológico

A Visa foi uma das empresas que mais prejudicou o Dow Jones que, pela primeira vez em quatro dias, encerrou em terreno negativo. As ações da Visa caíram 6,93% após emitir uma perspetiva de receita que alguns analistas consideraram “conservadora”.

Bolsa portuguesa acompanha tendência europeia e encerra em terreno negativo

BCP, que divulga esta quarta-feira contas, e Galp Energia empurram o PSI-20 para o ‘vermelho’. Em terreno positivo, destacam-se a EDP e EDP Renováveis, que encerraram o dia a valorizar 0,99% para os 4,89 euros e 1,44% para os 24,02 euros, respetivamente.

EDP Brasil entra oficialmente numa bolsa espanhola

A empresa (detida em 52% pelo grupo EDP) passa a negociar na Latibex, o único índice bolsista internacional focado exclusivamente em títulos da América Latina negociados em euros.
Comentários