Wall Street fecha semana com ganhos ligeiros. Nasdaq reflete dados da criação de emprego

O Nasdaq Composite registou a única queda da sessão: 0,87% para 11,010.98 pontos. Foi a maior vítima da sessão de uma conjugação de fatores: a criação de empregos nos EUA e a negociação do pacote de estímulos fiscais.

Wall Street | Spencer Platt/Getty Images

Os principais índices norte-americanos fecharam a semana com um sentimento misto, com o Nasdaq Composite a refletir a desaceleração na criação de empregos em julho que pode repercutir-se no índice nos próximos meses.

O índice Nasdaq recuou em consequência de dados que mostraram forte desaceleração na geração de postos de trabalho nos EUA em julho mas este desempenho refletiu ainda incertezas ao nível dos estímulos fiscais para fazer face à pandemia já que os parlamentares não chegaram a acordo.

Assim, o Dow Jones valorizou 0,19% para 27,438.15 pontos, o S&P500 ganhou 0,07% para 3,351.39 pontos enquanto o Nasdaq Composite registou a única queda da sessão: 0,87% para 11,010.98 pontos.

Os números do emprego nos EUA divulgados esta sexta-feira mostram que foram criados 1,76 milhões de novos postos de trabalho em julho, um número que indica alguma moderação da recuperação do mercado laboral norte-americano. Este valor representa um decréscimo em relação aos 4,791 milhões registados em junho, que constituíram um recorde.

O maior aumento no número de empregos registou-se na área do turismo e lazer, que acrescentou 592 mil empregos, seguido da administração pública e comércio, que verificam mais 301 mil e 258 mil empregos do que no mês anterior. O abrandamento é atribuído a novos surtos espalhados pelo país e ao fim do pacote em vigor de apoio à economia.

A taxa de desemprego nos EUA foi de 10,2%, um valor que representa uma descida dos 11,1% registados no mês de junho. A estimativa para a taxa de desemprego em julho era de 10,6%.

 

Ler mais

Recomendadas

BCE estuda revisão do programa de compra de ativos de emergência

Dois membros do Conselho de Governadores adiantaram ao Financial Times que o banco central irá debater na próxima reunião a duração do PEPP e se os critérios de flexibilidade deverão ser estendidos aos outros programas de compra de ativos.

Bolsa de Lisboa em queda pressionada pelo BCP e Galp

Do lado dos ganhos, a Corticeira Amorim lidera com uma subida de 1,63% para 11,20 euros, seguidos pela EDP que ganha 0,59% para 4,24 euros.
tik tok

TikTok Global lança oferta pública de ações

Segundo a nota, a TikTok Global realizará uma ronda antes da Oferta Pública Inicial (OPI), que deixará a companhia chinesa com uma participação de 80% na nova empresa.
Comentários