Wall Street recupera fôlego com sinais de cedência da China

China estará disposta a aproximar-se de algumas reivindicações nas negociações com os Estados Unidos. Investidores animados com discurso de Powell, que deixou a porta aberta a novo corte da taxa de juros em breve e que anunciou uma aposta na compra de Bilhetes do Tesouro.

Os três principais índices norte-americanos arrancaram a sessão desta quarta-feira a negociar em terreno positivo, com a China a sinalizar que poderá aproximar-se de parte das reivindicações norte-americanas, em vésperas de uma nova ronda de negociações.

O industrial Dow Jones recupera 0,55% para 26.308,23 pontos, o S&P 500 ganha 0,62% para 2.911,10 pontos e o tecnológico Nasdaq sobe 0,92% para 7.895,96.

Pequim estará disposto a aumentar a compra de bens agrícolas chineses para 30 milhões de toneladas, contra os 20 milhões atuais, o que representaria cerca de 3,25 mil milhões de dólares, segundo o Financial Times. De acordo com o jornal britânico, a China estará também a diminuir as barreiras comerciais aos agricultores norte-americanos.

O sentimento dos investidores, que recupera depois de três sessões em queda, está também a reflectir o discurso desta terça-feira do presidente da Reserva Federal, Jerome Powell. O líder do banco central deixou em aberto a possibilidade de um novo corte da taxa de juros, destacando que a criação de postos de trabalho não está tão robusta quanto esperado. Mas os mercados reagiram sobretudo ao anúncio de que a Fed irá apostar na compra de Bilhetes de Tesouro, como forma de manter a liquidez do mercado de curto prazo, apesar de ter esclarecido que a medida não significa um regresso ao Quantitative Easing.

No mercado petrolífero, o Brent sobe 1,46% para 59,09 dólares por barril, enquanto o WTI ganha 1,56% para 53,45 dólares.

Recomendadas

BCP cai quase 2% trava subida da Bolsa de Lisboa

A Galp e a EDP Renováveis lideram subidas do PSI-20. Ao passo que o BCP e os CTT lideram as perdas. Europa fecha mista em mais uma sessão de resultados. UBS apresentou lucros acima do esperado.

Wall Street arranca em alta em mais um dia de contas trimestrais

A época de resultados está a animar a bolsa de Nova Iorque. Em termos macroeconómicos, hoje é divulgada a evolução das vendas de casas usadas em setembro nos EUA.

PSI 20 em alta contraria Europa com Galp Energia a disparar mais de 2,5%

A Galp lidera os ganhos depois de ter anunciado que pretende aumentar anualmente os dividendos em 10% ao longo dos três próximos anos.
Comentários