Zomato e Ironhack têm 130 mil euros para patrocinar 100 bolsas de educação tecnológica

Destas bolsas, apenas uma cobre 100% do valor de um curso: seis mil euros.

Ironhack

A plataforma de restauração Zomato e a escola Ironhack querem promover a educação tecnológica em Portugal. As duas empresas juntaram-se para criar cem bolsas em cursos de desenvolvimento Web, design UX/UI, análise de dados e cibersegurança.

Estas cem bolsas, no valor total de 132 mil euros, vão permitir a criação de «competências digitais de forma prática e com total foco no mercado de trabalho». As candidaturas estão abertas até 5 de Maio, com o processo a incluir uma prova uma entrevista.

Os seleccionados podem, depois, fazer «qualquer bootcamp» em regime de full (nove semanas) ou part-time (24 semanas), de forma presencial, nas instalações da Ironhack em Lisboa (Santa Apolónia).

Destas bolsas, apenas uma cobre 100% do valor de um curso (seis mil euros) e outra que financia 50%. As restantes 98 são de apenas 20%, pelo que os estantes 123 mil euros serão «divididos em vários apoios mais pequenos», esclarecem as duas empresas.

PCGuia
Recomendadas

Fusões e aquisições de empresas em Portugal movimentaram mais de 3 mil milhões até maio

Apesar de em 60% das transações os valores não terem sido revelados, os números representam uma diminuição de 10% no total de transações e uma queda de 53% no capital mobilizado.

PremiumEuro2020 pode ser pontapé para relançar mercado publicitário das marcas

Cobertura mediática será maior do que em 2016, mas é pouco provável que se traduza em recordes de audiências, dizem especialistas. Ainda assim, as marcas deverão aproveitar a oportunidade.

Já pode investir na criptomoeda Dogecoin com a aplicação da Revolut

A fintech britânica tem 30 criptomoedas disponíveis para investimento. Curiosamente, a cara que está nesta moeda virtual – ou seja, o focinho de cão – foi esta sexta-feira vendida como NFT por 4 milhões de dólares.
Comentários