PwC adota eletricidade 100% renovável nos seus escritórios em Portugal a partir de março

A consultora pretende colocar em prática o plano para uma operação neutra em emissões de gases de carbono, um objetivo que tem como prazo o ano de 2030.

Focke Strangmann

A consultora PwC decidiu acelerar um dos seus objetivos de sustentabilidade e avançar já com a transição para a eletricidade verde nos seus escritórios de Lisboa e Porto, como informa a consultora em comunicado, que toma a 1 de março um passo previsto até ao final de 2030.

O compromisso, intitulado Net Zero 2030, passa pela adoção de energia elétrica proveniente de fontes 100% renováveis, de forma a reduzir em pelo menos 50% as emissões de gases de carbono da empresa, bem como a compensação das emissões inevitáveis.

Assim, a consultora pretende “consumir apenas energia renovável e otimizar o consumo de energia, implementar boas práticas para potenciar a redução das nossas deslocações, aumentar o trabalho à distância dentro das nossas equipas e nos projetos com clientes, trabalhar com os nossos fornecedores e/ou clientes para que eles próprios se comprometam a contribuir para a redução das emissões de gases com efeito de estufa, potenciar a criação de políticas mais sustentáveis nas comunidades onde nos inserimos e, ainda assim, compensar eventuais emissões remanescentes”, como se pode ler na sua comunicação.

Este é o primeiro passo de um esforço global que tem assim uma das suas medidas implementadas em Portugal, onde a consultora multinacional está presente com escritórios em Lisboa e Porto.

Recomendadas

Morais Leitão, DLA Piper e Uría Menéndez assessoram aumento de capital da EDP Renováveis de 1,5 mil milhões de euros

Já a equipa de Madrid da King & Wood Mallesons prestou assessoria jurídica tanto à EDP como à EDP Renováveis em aspetos de direito espanhol.

CMS e PLMJ assessoram primeira emissão de ‘green bonds’ da REN

A PLMJ e a Clifford Chance, através dos escritórios de Madrid e Amesterdão, apoiaram a energética e a CMS Rui Pena & Arnaut os bancos na perspetiva portuguesa.

“Falar Direito”. “Nómadas digitais? Pandemia veio revolucionar o mundo do trabalho”

“Há muito que existe o trabalho remoto mas a pandemia veio revolucionar a forma como vemos o mundo do trabalho. Estes nómadas procuram este estilo de vida que tem-se vindo a propagar cada vez mais”, realçou o advogado Pedro Antunes no programa da JE TV.
Comentários