Podcasts

“Intrigas, confusão e mau entendimento”: Costa diz que está articulado com o Presidente (com áudio)

“Só pode haver um mal entendido. Por natureza, o primeiro-ministro não desautoriza o Presidente da República. Não é Costa e Marcelo. É institucional”, relembrou o primeiro-ministro esta terça-feira.

TAP abre processo de inquérito aos dois responsáveis de recursos humanos que comentaram em vídeo contratações em Espanha (com áudio)

A TAP diz que as declarações do diretor de Recursos Humanos e do responsável de RH da Manutenção & Engenharia foram feitas a título pessoal. O processo de inquérito seguidos dos devidos procedimentos disciplinares acontece “dado o momento que a TAP vive, em que a todos nós são pedidos sacrifícios”, segundo a companhia aérea.

Portugal arranca defesa do título contra Hungria. 872 milhões lusos contra 74 milhões magiares (com áudio)

Seleção nacional quer começar da melhor maneira a defender o troféu conquistado em 2016, numa Puskás Arena que vai estar completamente lotada com perto de 70 mil adeptos. Quase 800 milhões de euros separam os dois conjuntos.

Diretor de Recursos Humanos da TAP publica vídeo sobre contratações em Espanha (com áudio)

A TAP tem estado a negociar saídas com trabalhadores no âmbito do plano de reestruturação e pode avançar para o despedimento coletivo de mais 200 trabalhadores em julho. O diretor de Recursos Humanos da empresa surge no vídeo na capital espanhola a comentar a contratação de um responsável para a área de carga em Espanha. “Vamos conseguir contratar. Vamos selecionar os melhores”, afirma outro responsável da TAP no vídeo.

Pfizer investiga pessoas vacinadas que contraíram a doença (com áudio)

O especialista acrescentou que vai acompanhar a situação de “perto” e que vão ser usados “dados imunológicos, clínicos e do ‘mundo real'” para determinar quando “quando pode ser necessária” uma vacina de reforço.

Marcelo diz que “Presidente nunca é desautorizado pelo primeiro-ministro” (com áudio)

O comentário de Marcelo Rebelo de Sousa foi feito no mesmo dia em que o primeiro-ministro, António Costa, disse que ninguém pode garantir que não se volta atrás no confinamento e que o Governo adotará “em cada momento as medidas que se justifiquem perante o estado da pandemia”.
Ver mais artigos