12 aspetos a considerar na escolha da zona para comprar casa

Para escolher a habitação ideal é necessário ter em conta vários fatores, sendo a localização um aspeto fundamental. Confira os pontos essenciais a ter em conta na avaliação da zona em que se pretende comprar casa.

Comprar casa, algo que para grande parte das famílias portuguesas significa também pedir crédito habitação, é uma das decisões mais importantes das nossas vidas. Em primeiro lugar teremos de escolher onde queremos ir viver. Preferimos a azáfama do centro da cidade ou a tranquilidade do campo? Queremos ir a pé para o trabalho ou utilizar os transportes é uma opção?

É tudo uma questão de prioridades e necessidades, que variam de pessoa para pessoa. Neste artigo elaborado pelo ComparaJá.pt damos-lhe algumas dicas sobre os aspetos a ponderar na hora de analisar a localização ideal para o seu imóvel.

 

Acessos rodoviários

Quantos mais acessos tiver a sua habitação, além de potenciar a sua valorização, permite-lhe deslocar-se mais rapidamente para qualquer outro ponto da cidade ou localidade onde vive.

 

Fluxo do trânsito

Perde, todos os dias, pelo menos duas horas no trânsito para chegar ao seu trabalho? Ao optar por comprar uma habitação com elevada densidade populacional deverá estar consciente para a eventualidade de haver uma maior intensidade no tráfego automóvel.

 

Proximidade a transportes públicos

Se a sua família precisa de utilizar transportes públicos – autocarro, metro, comboio – para chegar ao trabalho ou à escola, então considere uma zona em que existam facilidades nesse sentido. E, claro, quanto maior for a oferta destes transportes, mais elevada será a valorização potencial do seu imóvel.

 

Acesso a serviços e comércio

Quanto mais perto estiver de mercearias, cafés, centros comerciais, farmácias, mais facilitada será a sua vida. Assim, sempre que for necessário recorrer a um destes serviços, poderá fazê-lo inclusivamente a pé. Não só poupa tempo, mas também dinheiro, já que não precisa de utilizar o carro com tanta frequência.

 

Oferta de instituições de ensino

No caso de ter filhos é importante perceber se a zona onde pensa viver tem por perto creches, escolas e até universidades. Também pode ser relevante avaliar previamente a qualidade de ensino dessas instituições. Desta forma, pode facilitar-lhe o dia a dia não só a si, como aos seus filhos, que poderão deslocar-se a pé até estas instalações.

 

Proximidade a hospitais e postos policiais

Numa situação urgente, em que precise de recorrer a uma consulta de emergência ou em caso de incêndio no seu imóvel, irá facilitar o socorro se estiver por perto hospitais, bombeiros ou até a polícia. Além da existência destes serviços nas redondezas valorizarem a sua casa, dar-lhe-á um maior sentimento de segurança.

 

Proximidade ao local de trabalho

Tem um negócio próprio ou emprego estável numa determinada localidade ou está a ponderar mudar de trabalho a curto prazo? Privilegia gastar o menos tempo possível na deslocação e pagar um pouco mais pela casa? Ou dá mais importância à vida fora da confusão e não se importa de apanhar um transporte ou até de usar o seu carro? Se a distância em relação ao seu trabalho é algo que privilegia, então opte por comprar casa onde lhe permita poupar tempo ao final do dia.

 

Boa Vizinhança

Conhecer quem partilha o prédio onde pensa em viver, no caso de estar à procura de um apartamento, poderá ser também um aspeto a ter em consideração. Ter bons vizinhos, que respeitem as regras de convivência em comunidade ou que possam ampará-lo em caso de necessidade, poderá revelar-se essencial para manter a paz e a tranquilidade no seu quotidiano.

 

Oferta cultural e lazer

Perceber se na zona circundante ao imóvel que pretende comprar existe uma oferta cultural e de lazer, também poderá ajudá-lo a tomar uma decisão. Verifique se na sua proximidade existem bibliotecas, teatros, cinemas, ginásios, praças ou jardins. Vai ver que viver perto destes espaços irá proporcionar uma maior qualidade de vida para toda a família.

 

Facilidades no estacionamento

Um dos maiores problemas das grandes cidades prende-se com a falta de estacionamento. Poderá ser interessante procurar uma habitação que tenha uma garagem ou tentar alugar um espaço onde possa guardar a sua viatura. Desta forma, poderá evitar perder tempo à procura de lugar ou até de ter de pagar parquímetros.

 

Custo de vida

Existem algumas cidades cujo preço de vida é mais elevado do que noutras. Por isso, avalie bem as suas necessidades e da sua família, analise o seu orçamento, de forma a que consiga manter a melhor qualidade de vida possível, sempre sem correr o risco de entrar em gastos que não seja capaz de suportar.

 

Viver na cidade ou no campo

Tendo em conta os fatores anteriormente mencionados, talvez lhe pareça que faça mais sentido comprar um imóvel numa zona citadina. No entanto, optar pela cidade também pode trazer-lhe alguns inconvenientes.

Se, por um lado, decidir comprar casa numa grande cidade, o mais certo é conseguir fazer a sua vida sem de recorrer com muita frequência aos transportes, e estar mais próximo de serviços considerados essenciais como hospitais, escolas, farmácias, supermercados, entre outros.

No entanto, o barulho e a agitação característicos de uma grande cidade pode “roubar-lhe” qualidade de vida. Não obstante, viver num centro urbano também influencia o preço do imóvel. E, claro, quanto mais acessibilidades tiver junto da habitação que deseja, maior tenderá a ser o valor que vão pedir por ela.

O inconveniente do preço e da agitação poderão ser evitados se optar por comprar uma habitação na periferia urbana ou até mesmo numa zona rural. Se a sua prioridade é garantir a maior tranquilidade possível no seu quotidiano, seguramente que o campo lhe trará a qualidade de vida que tanto ambiciona. Por outro lado, ver crescer a sua família num espaço onde as suas crianças possam correr livremente, também poderá ser determinante para a sua decisão.

Porém, optar pela periferia ou pelo campo também pode dificultar o acesso a serviços essenciais e a necessitar de transportes com maior frequência. Além disso, uma habitação numa área rural tende a não sofrer uma valorização tão significativa do que uma casa em plena zona urbana.

 

Ora, antes de decidir onde vai comprar a sua habitação, analise bem quais são necessidades para si e para a sua família. Mediante aquilo que for considerado, escolha o local mais adequado para viver. Mas lembre-se: uma boa localização não é, necessariamente, sinónimo de melhor qualidade de vida. É tudo uma questão de prioridades. Descubra as suas.

Relacionadas

Comprar uma casa ainda em construção é um bom negócio?

É normal os bancos concederem adiantamentos (período de tempo em que só se liquidam juros) aos consumidores que desejam comprar casas em construção, tecnicamente designadas por casas em planta. Mas será algo vantajoso? Descubra, neste artigo, se o desconto no preço compensa as dores de cabeça que poderá vir a ter.

Vai comprar casa? Evite burlas: conheça os pontos-chave do CPCV

Embora não seja obrigatório, o Contrato-Promessa Compra e Venda é fundamental para salvaguardar direitos e estabelecer deveres de ambas as partes no negócio, compradores e proprietários, até à escritura pública. Saiba tudo o que deve ser incluído neste documento e proteja-se de potenciais burlas.

Crédito habitação sem fiador: é possível?

No momento de solicitar um empréstimo para comprar casa, uma das questões mais comuns é se os bancos concedem crédito habitação sem apresentação de fiadores. Esclareça todas as dúvidas sobre o tema neste artigo.

Como é que a subida da Euribor afeta a prestação da sua casa?

A EURIBOR continua em terreno negativo mas, nas últimas semanas, tem vindo a sofrer ligeiros aumentos em consequência do impacto da pandemia na economia. Descubra, neste artigo, quais as consequência da subida deste indexante no crédito à habitação.

Vai comprar casa? Poupe ao usar o serviço Casa Pronta

Para além de acabar com longas filas de espera e muitas horas perdidas, o serviço Casa Pronta possibilita uma poupança de cerca de 70%. Saiba tudo sobre o tema neste artigo.

Vai comprar uma casa usada? Tenha atenção a estes 6 aspetos

Conheça os principais aspetos a equacionar na compra de casas usadas para perceber se o valor que está a ser pedido pelo imóvel é justo, bem como o tipo de construção do mesmo e o seu estado de conservação, que poderão ter implicações no futuro.
Recomendadas

Hoje é o Dia Mundial do Turismo. Desenvolvimento sustentável do sector é objetivo em 2021

Para o consumidor a comemoração deste Dia é, também, importante. Todo o cidadão tem direito ao descanso e lazer. Gozar relaxada e seguramente as férias ou o tempo de lazer é o desejo de todos os consumidores que, nesse sentido, devem zelar pelo cumprimento dos seus direitos.

Poupanças dos portugueses continuam longe dos níveis pré-pandemia. Famílias sem filhos são as que mais poupam

Na data em que se comemora o Dia Mundial do Turismo, o estudo da Intrum revela que, para 34% dos portugueses, viajar é uma das principais razões para poupar dinheiro todos os meses. Valor este superior ao período homólogo de 2019 que atingiu os 31%.

Tenha atenção aos falsos intermediários de crédito no Facebook, alerta Deco

Se quiser consultar a lista das entidades autorizadas a conceder crédito em Portugal, a atuar como intermediários de crédito ou a prestar serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito poderá fazê-lo no sítio do Banco de Portugal, em www.bportugal.pt ou no Portal do Cliente Bancário https://clientebancario.bportugal.pt.
Comentários