Os preços, a Fed, os PMI e a Semapa. Hoje há “Mercados em Ação”, às 17h

Acompanhe o “Mercados em Ação” no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.

Cristina Bernardo

Nesta edição, Shrikesh Laxmidas (diretor-adjunto do JE), Marco Silva (consultor de estratégia e investimento) e Pedro Lino (administrador da Optimize Investment Partners), analisam como a subida de 4,2% da inflação nos EUA em abril, acima dos 2,6% de março e das expectativas do mercado de 3,6%, poderá influenciar a atuação da Reserva Federal.

O painel irá ainda antever o que os índices Purchasing Managers Index (PMI) poderão na sexta-feira sinalizar sobre o clima económico nos dois lados do Atlântico.

Depois dos habituais números, gráficos e protagonista da semana, o foco irá estar na subida das yields das dívidas soberanas na zona e como isso poderá afectar o custo de financiamento de Portugal. Por fim, o painel irá analisar a OPA da Sodim à Semapa, que termina no próximo dia 25.

Se perdeu o programa da próxima semana pode ver aqui:

Relacionadas

“Mercados em Ação”. “Neste primeiro trimestre temos as condições reunidas para bater recordes”

“A razão para os mercados estarem sustentados tem a ver com a subida nos lucros nas empresas, nunca antes na história se viu os mercados a caírem com os lucros das empresas a subirem. Neste primeiro trimestre temos as condições reunidas para bater recordes”, realçou Nuno Mello, diretor comercial e analista da XTB, no programa da JE TV.

“Mercados em Ação”. “EDP Renováveis é uma empresa a ter em conta para os investidores”

“No caso português, a EDP Renováveis tem atualmente uma capacidade instalada bastante elevada e também conseguiu amortizar grande parte dos custos financeiros que teve o ano passado. Este ano deverá colher os frutos desse esforço”, sublinhou Nuno Mello, diretor comercial e analista da XTB, no programa da JE TV.

“Mercados em Ação”. “EUA? Estão reunidas as condições para a inflação continuar a aumentar”

“Em relação à inflação, creio que começam a haver alguns resultados preocupantes mas não é uma inflação estrutural, que só acontece por fatores geopolíticos. Estão reunidas as condições para a inflação continuar a aumentar”, destacou Nuno Mello, diretor comercial e analista da XTB, no programa da JE TV.
Recomendadas

“Euro em Milhões”. Croatas querem contrariar favoritismo da seleção mais valiosa do Euro

Os ingleses têm a seleção mais valiosa do Euro2020 e jogam no mítico Estádio de Wembley. Os croatas, liderados por Modric, têm todos os fatores contra si mas podem surpreender.

“Euro em Milhões”. Belgas valem mais do triplo dos russos mas fator casa pode ser trunfo

A seleção belga lidera o ranking da FIFA e vale mais do triplo dos russos. No entanto, a Rússia joga em São Petersburgo e quer começar a vencer no Grupo B.

“Euro em Milhões”. Frio e desequilibrado. Dinamarca e Finlândia medem forças em Copenhaga

A seleção menos valiosa do Euro e a surpreendente campeã europeia de 1992 medem forças na partida de abertura do Grupo B, no Parken Stadium, em Copenhaga.
Comentários