Acionistas da NOS aprovam pagamento de dividendo de 0,278 euros por ação

Em reunião magna, os acionistas aprovaram também a ratificação da cooptação de Daniel Lopes Beato e de Filipa de Sousa Taveira da Gama Santos Carvalho, como vogais do Conselho de Administração e membros da Comissão Executiva, para completar o mandato em curso – triénio 2019-2021.

NOS

Os acionistas da NOS, reunidos em assembleia-geral, aprovaram esta quarta-feira os pontos na ordem de trabalho, entre os quais o pagamento de um dividendo bruto de 0,278 euros, anunciou a operadora de telecomunicações.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS adianta que foram aprovados o relatório de gestão, balanço e contas, individuais e consolidadas, bem como a aprovação “de um voto de louvor” aos membros do Conselho de Administração, Comissão Executiva, Conselho Fiscal e ao Revisor Oficial de Contas e a aprovação de compra e alienação de ações próprias pela sociedade e sociedades dependentes.

Em reunião magna, os acionistas aprovaram também a ratificação da cooptação de Daniel Lopes Beato e de Filipa de Sousa Taveira da Gama Santos Carvalho, como vogais do Conselho de Administração e membros da Comissão Executiva, para completar o mandato em curso – triénio 2019-2021.

De acordo com a NOS, o pagamento do dividendo relativo a 2020 será pago em 6 de maio.

Recomendadas

Groundforce avisa que pagamento dos salários de maio está em risco com pedido de insolvência pela TAP

O acionista maioritário alerta que o pedido de insolvência também “vai dificultar a operação de venda que se encontra em curso com diversos players internacionais do setor”. Pedro Nuno Santos é ouvido hoje no Parlamento sobre a situação na empresa com 2.400 trabalhadores.

RTP “precisa de reforço” do financiamento para cumprir completamente novo contrato

“Não há qualquer dúvida que para cumprir completamente aquilo que vai estar disposto no futuro contrato de concessão, a RTP precisa de um reforço do seu financiamento e de um reforço orçamental”, reiterou Nuno Artur Silva.

Receitas totais da Vodafone sobem 0,3% no ano fiscal 2020/2021 para 1.084 milhões de euros

“Os resultados alcançados neste trimestre foram também impulsionados pelo desempenho consistente do negócio fixo, com os clientes de banda larga a atingirem 814 mil (+9,6% em termos homólogos) e os clientes de televisão a totalizarem 749 mil (+10,3% homólogos)”, adianta.
Comentários