PremiumAndré Ventura acusa Rui Rio do “maior roubo de identidade na história do PSD”

O vereador de Loures assume que pode liderar um pedido de congresso destitutivo e assegura que numa semana consegue 2.500 assinaturas para provocar a destituição do líder do PSD. Mas decisão só será tomada após a aprovação do OE/2019. Até lá, Ventura pretende promover consensos internos por considerar que atitudes de Rio representam “uma revolução” da identidade do PSD.

André Ventura, vereador da câmara de Loures e militante do PSD, quer um congresso extraordinário para clarificar a identidade do partido e reclamar a eventual destituição do seu actual líder. Em causa está o desconforto interno que posições sucessivas de Rui Rio têm gerado no maior partido da oposição como o convite aos críticos a saírem do PSD até a aproximação a medidas propostas pela BE como a designada taxa Robles. Na próxima semana, reúne-se com Rio, num encontro onde irá reclamar a procura de consensos internos e o abandono da lógica de confronto.

Artigo reservado a assinantes do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. 

Recomendadas

PremiumSérgio Gaio: “Empresas devem preocupar-se em entender os próprios dados”

Sérgio Gaio, ‘associate director’ da Accenture Technology, defende que a tendência no sentido de bens e serviços cada vez mais personalizados pode ser positiva sobretudo para os setores da indústria.

PremiumPSD sai reforçado das europeias, mas a procissão vai no adro

O PSD ficou à frente em nove dos 11 municípios da Madeira, partindo com vantagem para as eleições regionais. Mas os especialistas frisam que o eleitorado faz uma distinção entre europeias e regionais.

PremiumLiderança da SIC é “momento certo” para oferta, diz CEO da Impresa

Francisco Pedro Balsemão realça ao JE que o objetivo desta operaçãO passa por alcançar melhoria dos resultados operacionais nos próximos três anos. Oferta de obrigações a três anos, com taxa de 4,5%, arranca esta segunda-feira.
Comentários