André Ventura diz que o Chega “vai ser o maior partido de Portugal daqui a oito anos”

O presidente do Chega conseguiu ser eleito para o Parlamento, sendo o cabeça de lista por Lisboa do partido.

andre_ventura_legislativas_voto
Miguel A. Lopes/Lusa

André Ventura foi hoje eleito deputado pelo Chega. Em declarações aos jornalistas afirmou que voltou a “devolver-se a esperança a um país que já não a tinha”. Ventura sublinhou ainda que foi o partido pequeno mais votado, com apenas poucos meses de existência.

O presidente do Chega afirmou que esta eleição para o Parlamento é mérito de um “país que pela primeira vez em 45 anos não teve medo de votar num partido verdadeiramente de direita”.

André Ventura disse ainda que “chega de corrupção”, e que os problemas que foram levantados não vão poder ser ignorados. Sublinhou que a mensagem do Chega chegou aos “quatro cantos de Portugal”, que não vai parar de crescer, e que daqui a oito anos vai ser o maior partido de Portugal.

Recomendadas

Concelhos em alerta. Só Cabeceiras de Basto dá o passo atrás no desconfinamento

O cordão sanitário manter-se-á nas duas freguesias de Odemira. Ainda assim, a ministra Mariana Vieira da Silva diz que a redução da incidência do vírus “é um sinal de uma pandemia que se encontra controlada, pese embora a existência de surtos”.

Média de ocupação dos alojamentos no Algarve foi de apenas 5,7% em abril

“Em valores acumulados, desde o início do ano, a ocupação cama regista uma descida média de 89,4%”, aponta a AHETA.

Governo decide manter cerca sanitária em duas freguesias de Odemira

O fim da cerca sanitária, definida na semana passada, foi reivindicado já pelo município, que na quarta-feira formalizou esse pedido ao primeiro-ministro, António Costa.
Comentários