Ano letivo 2021/2022. Aulas começam entre 14 e 17 de setembro

O Ministério de Educação revelou esta quinta-feira que as aulas do próximo ano letivo terminam a 7 de junho para o 9.º ano, 11.º e 12.º anos de escolaridade e a 30 para o pré-escolar e 1.º ciclo. Para os restantes anos, o terminus é dia 15.

O próximo ano letivo 2021/2022 arranca entre 14 e 17 de setembro, revela o calendário escolar para 2021/2022 enviado às escolas e que seguiu para publicação em Diário da República, informa esta quinta-feira, 8 de julho, o Ministério da Educação.

O primeiro período do novo ano letivo vai arrancar nos estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário do país entre uma terça e uma sexta-feira, terminando a 17 de dezembro de 2021. As férias de Natal iniciam-se no dia seguinte e prolongam-se até 2 de janeiro.

O segundo período começa a 3 de janeiro de 2022 e termina a 5 de abril, após o que se seguem as habituais férias da Páscoa. As aulas retomam a 19 de abril, tendo assim início o terceiro e último período que tem datas diferentes para terminar consoante o ano de estudo.

Assim, para o 9.º ano, 11.º e 12.º anos de escolaridade, as aulas terminam a 7 de junho; para o  5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade terminam a 15 de junho e para o pré-escolar e 1.º ciclo terminam a 30 de junho.

Já os estabelecimentos particulares de ensino especial arrancam entre 2 e 7 de setembro de 2021 e terminam a 30 de junho de 2022.

Os exames nacionais do ensino secundário decorrem entre 17 de junho e 6 de julho (primeira fase) e 21 a 27 de julho, a segunda fase, sendo as pautas afixadas a 19 de julho 5 de agosto, respetivamente.

Recomendadas

Famílias com maiores rendimentos são as que mais aderem à economia circular

As margens orçamentais das famílias com maiores rendimentos permitem que seja possível incorporar uma economia circular nos consumos diários. Em contrapartida, os casais reformados e seniores solitários são os que se encontram mais distantes deste objetivo.

Vivenda com piscina ou ‘penthouse’. Quase oito em cada dez pessoas vão ao Idealista sonhar com casas de luxo

Segundo o portal de imobiliário, as mulheres são as que mais procuram por casas de luxo por entretenimento (52% dos inquiridos) em comparação aos homens (47%).

Automóveis elétricos poupam 30 a 40 euros face a carros a gasolina na mesma distância

A Selectra analisou o Tesla Model 3 e o Nissan Leaf e+, dois veículos elétricos mais comercializados em Portugal, percebendo o seu nível de poupança em comparação com um automóvel a gasolina. Foi analisado o gasto de combustível, a mesma distância percorrida e o custo do carregamento.
Comentários