PremiumAntónio Rios Amorim: “A Corticeira não pensa só Portugal, pensa o mundo”

Na estratégia da empresa não se operaram mudanças: o foco é acrescentar valor à cortiça. Só a ambição cresceu, garante António Rios Amorim.

Numa altura em que a Corticeira Amorim já dá cartas, no plano internacional, em esferas tão diversas como a indústria aeroespacial, setor vinícola, engenharia de som, o design e a arquitetura, grandes infraestruturas, revestimentos de edifícios ou desporto, a aposta na inovação é uma vez mais reforçada com o City Cortex.

Este projeto vem fortalecer uma estratégia que, apesar de tão focada na investigação e inovação, não sofreu alterações de fundo, já que a maior fatia do volume de negócios, cerca de 70%, continua a ser proveniente das rolhas, representando 27% da quantidade de cortiça exportada. “Não há nenhuma aplicação que crie tanto valor à cortiça como a rolha”, frisou António Rios de Amorim, aquando da apresentação do mais recente projeto da Corticeira Amorim.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Banco de Portugal vai sujeitar diretores do risco, compliance e auditoria ao ‘Fit & Proper’

Está em consulta pública até ao final de março um projeto de alteração de Aviso do Banco de Portugal que vai rever os requisitos aplicáveis em matéria de governo interno dos bancos. Entre as principais novidades introduzidas pelo regulador, destaca-se o alargamento do processo de avaliação e adequação diretores do risco, de compliance e de auditoria interna, e um relatório anual de autoavaliação dos bancos sobre o cumprimento das regras de controlo interno.

Coca-Cola Portugal nomeia primeira diretora-geral de nacionalidade portuguesa

Sandra Vera-Cruz junta-se a Rui Serpa que, em 2018, assumiu funções de diretor-geral na Coca-Cola European Partners, como os únicos portugueses com funções de chefia numa das maiores empresas ligadas ao setor das bebidas a nível mundial.

Telefónica aposta mais de três mil milhões na La Liga até 2022

Números assegurados pela Telefónica têm por base o potencial que os conteúdos exclusivos da La Liga Santander e La Liga SmartBank que poderão proporcionar outros ganhos no que respeita à retransmissão dos jogos.
Comentários