Armin Laschet eleito líder da CDU na Alemanha

O governador da região mais populosa da Alemanha foi eleito, à segunda volta, com mais de metade dos votos, sucedendo a Annegret Kramp-Karrenbauer e colocando-se como potencial candidato a chanceler nas eleições de 2021.

Christian Marquardt/EPA

O chefe do Governo da Renânia do Norte-Vestfália, Armin Laschet, é o novo líder da União Democrata-Cristã (CDU), o partido da chanceler alemã, Angela Merkel. O governador da região mais populosa da Alemanha foi eleito este sábado, em congresso, sucedendo a Annegret Kramp-Karrenbauer e posicionando-se como potencial candidato a chanceler nas eleições que deverão decorrer em setembro deste ano.

O novo líder da CDU foi eleito em congresso, com a votação de 1.001 delegados do partido. Armin Laschet venceu, numa segunda volta contra o liberal e advogado milionário Friedrich Merz (apontado como favorito na sucessão de Annegret Kramp-Karrenbauer na liderança do partido), com mais de metade dos votos (521). Friedrich Merz conseguiu 466. Na corrida estava também Norbert Röttegen, perito em política externa.

Com esta vitória, Armin Laschet coloca-se no caminho para concorrer como candidato do partido conservador a chanceler nas eleições federais de setembro. Isto porque o presidente da CDU é geralmente (embora nem sempre tenha sido) o candidato a chanceler pela CDU e pelo partido irmão bávaro, a União Social Cristã (CSU).

Armin Laschet, de 59 anos, foi jornalista e membro do Parlamento alemão do Parlamento Europeu, antes de entrar na política regional alemã na região do noroeste do país.

Alemanha: Os três homens que querem calçar os sapatos de Angela Merkel

Ler mais
Relacionadas

PremiumAlemanha: Os três homens que querem calçar os sapatos de Angela Merkel

Annegret Kramp-Karrenbauer é a atual líder da CDU que será substituída num congresso virtual por Armin Laschet, Friedrich Merz ou Norbert Röttgen, mas o que está em causa é a escolha dos democratas-cristãos para tentar suceder em setembro à chanceler da Alemanha.
Recomendadas

PremiumExploração espacial: Todos os caminhos vão dar a Marte

O planeta vermelho está por estes dias cheio de trânsito: três missões – dos Estados Unidos, da China e dos Emirados Árabes Unidos – evoluem em paralelo, na tentativa de darem a perceber melhor as suas caraterísticas, até porque a NASA pretende trazer amostras recolhidas pela Perseverance de volta para a Terra. Entre o sonho humano de chegar sempre mais longe e a vontade política de comandar esse sonho, Marte é a próxima fronteira.

PremiumPablo Hasél: Rap para aquecer as noites frias do inverno catalão

Um rapper está preso desde o dia seguinte às eleições na Catalunha. Não será motivo suficiente para explicar o incêndio que volta a devastar Barcelona: o impasse político com Madrid mantém-se e parece mesmo ter possibilidade de aumentar. Entretanto, ainda ninguém sabe como será o próximo governo da autonomia.

Pokémon comemora 25 anos em alta com ajuda da pandemia

O vídeojogo Pokémon, uma das franquias globais mais bem sucedidas, assinala hoje 25 anos da estreia no Japão, agora reforçado pela pandemia da covid-19 que tem impulsionado o entretenimento digital.
Comentários