Autárquicas: Rodrigues dos Santos diz que CDS vai ser “a grande surpresa” no domingo

O presidente do CDS-PP afirmou hoje, sexta-feira, que o partido vai ser “a grande surpresa” das eleições e vai conquistar mais mandatos do que em 2017, e pediu que estas autárquicas embalem o centro-direita para uma vitória nas legislativas.

O presidente do CDS-PP afirmou hoje, sexta-feira, que o partido vai ser “a grande surpresa” das eleições e vai conquistar mais mandatos do que em 2017, e pediu que estas autárquicas embalem o centro-direita para uma vitória nas legislativas.

“O grande objetivo do Partido Popular para o ato eleitoral de domingo é crescer. O Partido Popular vai crescer, vai ter mais autarcas eleitos do que teve em 2017 e vai ser a grande surpresa dessa noite eleitoral”, afirmou.

Francisco Rodrigues dos Santos falava durante o comício de encerramento da campanha para as eleições autárquicas de domingo, que decorreu em Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, onde é candidato à Assembleia Municipal pela coligação PSD/CDS-PP.

Na sua intervenção, o líder do CDS-PP apelou também aos portugueses para que “castiguem o PS nestas eleições e reforcem o poder do centro-direita em cada terra de Portugal”.

“E que possamos juntos ir embalados a partir destas eleições autárquicas para derrotar o PS a nível nacional e dar uma governação de centro-direita [nas legislativas em 2023] que liberte o país dos vícios, da dívida, dos impostos, da estatização a que o PS condenou o nosso país”, salientou.

O comício, que decorreu junto a uma rotunda e a umas bombas de combustível, reuniu cerca de uma centena de pessoas com bandeiras do PSD e do CDS-PP e até uma da coligação “Portugal à Frente”, que juntou PSD/CDS na corrida às eleições legislativas de 2015.

Na reta final do discurso, Francisco Rodrigues dos Santos agradeceu aos jornalistas que acompanharam a sua ‘volta’ nacional.

Recomendadas

Autárquicas: Rosário Farmhouse (PS/Livre) eleita presidente da Assembleia Municipal de Lisboa

A cabeça de lista da coligação “Mais Lisboa” (PS/Livre) à Assembleia Municipal de Lisboa, Rosário Farmhouse, foi esta segunda-feira eleita presidente deste órgão deliberativo do município da capital e comprometeu-se a promover o diálogo sobre o futuro da cidade.

Carlos Moedas toma posse e garante compromissos sem contrariar “princípios fundamentais” do seu programa

O novo autarca da capital coloca como prioridades o apoio aos jovens e aos mais idosos, bem como a habitação e a mobilidade, e lembrou que tem ampla experiência na busca de acordos de compromisso com as mais variadas forças políticas.

OE2022. Prazo para comunicação de faturas passa para dia 5 do mês seguinte ao da emissão

O prazo para as empresas remeterem à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) as faturas vai passar do dia 12 para o dia 5 do mês seguinte ao da emissão, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).
Comentários