Autotestes em massa não estão a ser comunicados (com áudio)

Dos 1.739 testes realizados, 156 tiveram resultado positivo e 24 foram inconclusivos. Os dados avançados pelo “Jornal de Notícias” mostram também que 1.491 indicaram ter realizado um autoteste.

Até ao dia 7 de junho, as farmácias venderam mais de 500 mil testes, mas até agora apenas 1.739 pessoas reportaram a realização do autoteste à Covid-19 no portal público. Os dados, divulgados esta sexta-feira, foram fornecidos pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) ao “Jornal de Notícias” (JN).

Dos 1.739 testes realizados, 156 tiveram resultado positivo e 24 foram inconclusivos. Os dados mostram também que 1.491 indicaram ter realizado um autoteste.

À publicação, o SPMS clarificam ainda que “o mesmo utente pode registar-se várias vezes com o mesmo número do Serviço Nacional de Saúde, porque pode ter feito mais de um autoteste e, nestes casos, o registo é diferenciado por data/respostas”.

Desde o dia 20 de maio, o número de autotestes comunicado é bastante inferior aos dos dispositivos que foram postos à venda. Até dia 3 de maio, de acordo com dados da Associação de Distribuidores Farmacêuticos, em meados de março, foram colocados 219 mil autotestes à venda nas farmácias comunitárias. De acordo com o “Público”, a Well’s, do grupo Sonae, já vendeu 100 mil dispositivos nas suas lojas e o grupo Auchan cerca de 11 mil, informa o “JN”.

Recomendadas

“Euro em Milhões”. Bale contra Seferovic num duelo de equilíbrios

Galeses e helvéticos estreiam-se este sábado no Olímpico de Baku, no Azerbaijão, num duelo marcado pelo equilíbrio. Suíços são mais valiosos mas do outro lado, Gareth Bale pode fazer essa diferença.

“Euro em Milhões”. Itália vale mais do dobro da Turquia no jogo de estreia em Roma

A Turquia defronta a Itália no Estádio Olímpico de Roma para o jogo de abertura do Euro2020 e do Grupo A. Transalpinos valem mais do dobro dos turcos em valor de mercado, de acordo com o site Transfermarkt.

Incidência aumenta em Lisboa e empurra região para perto da linha vermelha da matriz de risco

No dia em que Lisboa não avança na próxima fase de desconfinamento, a DGS informa que a região de contabiliza agora 181 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes. Olhando para a matriz de risco do Governo, o limite é de 240 casos por 100 mil habitantes.
Comentários