Avião Jetstream 32 da Sevenair já chegou a Cabo Verde

Já está desde ontem à noite na Cidade da Praia a aeronave da empresa portuguesa Sevenair, que vai prestar apoios nas evacuações inter-ilhas  nos próximos quatro meses.

O avião, um Jet Stream 32, aterrou no Aeroporto Internacional Nelson Mandela ao final da tarde, com tripulação portuguesa, da própria Sevenair. O aparelho

O aparelho da Sevenair saiu de Cascais (do aeródromo de Tires), por volta das 08h30 desta manhã de segunda-feira, e aterrou na Praia ao final de tarde, depois de fazer uma escala técnica em Gran Canaria (Canárias).

Note-se que o contrato celebrado entre governo cabo-verdiano e a referida empresa aeronáutica portuguesa deverá ter uma duração de seis meses num primeiro período e visa o transportes de doentes inter-ilhas, mas também qualquer outro serviço governamental.

O Jet Stream 32 ficará, entretanto, na ilha do sal e a Sevenair terá duas tripulações prontas para sua actividade, que vão se revezando.

 

O avião vai ficar afecta à Guarda Costeira, em regime de aluguer, e vai estar disponível para os casos de emergência, a nível nacional. A aeronave vai operar no quadro do protocolo celebrado entre o Estado de Cabo Verde, a Guarda Costeira, Ministério da Saúde e Segurança Social, INPS e as seguradoras privadas Ímpar e Garantia.

Este aparelho vai operar até dezembro, altura em que se estima ter operacionalizado a opção dos dois aviões CASA, que serão adquiridos em definitivo pelo Estado de Cabo Verde junto da Sevenair.

Ler mais
Relacionadas

Ministério da Defesa já tem aval para alugar aviões para a Guarda Costeira

Ministro da Defesa tem autorização para celebrar contrato com a empresa portuguesa AEROVIP, para garantir meios aéreos destinados à evacuação de doentes. 
Recomendadas

CPLP vai ter modelo de intervenção em caso de catástrofes

O ministro da Administração Interna cabo-verdiano anunciou esta segunda-feira a criação de “mecanismos de intervenção coordenada”, no âmbito da CPLP, que respondam prontamente em situações de emergência humanitária, como a que recentemente atingiu Moçambique.

CPLP: Mobilidade entre Estados-membros avança “a todo o vapor”

“Estamos a cumprir todo o cronograma que estabelecemos, em termos de mobilidade a nível da CPLP”, indicou Jorge Carlos Fonseca, presidente em exercício desta organização comunitária.

Portugal e Cabo Verde no topo da liberdade de imprensa

Os Repórteres Sem Fronteiras referem que, “apesar de os jornalistas serem mal pagos” e haver mais “insegurança no trabalho”, em Portugal, “o ambiente investigativo é relativamente calmo”. De Cabo Verde exaltam a “ausência de ataques” a estes profissionais.
Comentários