Balsemão critica “lixeira gigantesca” nas redes sociais e nos motores de busca

O presidente do grupo Impresa considerou a lixeira gigantesca nas redes sociais e nos motores de busca cada vez mais explorada para difusão de mentiras e meias-verdades.

Francisco Pinto Balsemão criticou este sábado “a lixeira gigantesca” nas redes sociais e nos motores de busca, durante uma conferência sobre democracia e governança, num debate com o ex-primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, na Cidade da Praia, avança a Lusa. “A lixeira gigantesca nas redes sociais e nos motores de busca é cada vez mais explorada para difusão de mentiras, meias verdades e factos alternativos”, disse o presidente do grupo de media português Impresa.

Pinto Balsemão recordou que desde sempre que isso existiu mas que agora há “organizações montadas para difundir rapidamente notícias falsas”, acrescentando que a comunicação social desempenha um papel importante, de “separar o trigo do joio” e veicula opiniões sobre factos divergentes para as pessoas decidirem à sua vontade.

Sobre a relação entre os partidos e a comunicação social, o ex-jornalista afirma que os media não podem ser considerados como o 4º poder, pois não foram eleitos. Contudo, refere que devem ser vistos como o “contrapoder”, uma vez que é a “outra face da moeda” capaz de fiscalizar os poderes instituídos.

Na opinião de José Maria Neves, a relação entre partidos e comunicação “é sempre difícil, tensa e há uma desconfiança mútua”, mas é “fundamental” para a democracia a existência de liberdade de imprensa e a possibilidade do dissenso. Segundo o ex-ministro cabo verdiano, os media são o centro do poder, onde os dissensos são importantes.

 

 

Recomendadas

Bruxelas tem 12 milhões de euros para apoiar os media e já abriu candidaturas

Bruxelas quer apoiar os media de forma a “estimular uma esfera pública viva e diversificada” na União Europeia. A verba agora disponibilizada divide-se em quatro tipos de apoios diferentes à comunicação social, desde projetos multilingues a redes de comunicação para os mais jovens.

Enriquecimento ilícito: Como a Justiça insiste em dar um triplo salto para trás. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

Cofina passa de prejuízo a lucro de quase dois milhões no primeiro semestre

“O resultado líquido foi, no primeiro semestre de 2021, positivo em cerca de dois milhões de euros e, no primeiro semestre de 2020, foi negativo em cerca de 1,3 milhões de euros”, diz a dona do Correio da Manhã.
Comentários