BCE multa banco francês Crédit Agricole em 4,3 milhões

O banco pode agora recorrer da decisão da instituição de Frankfurt para o Tribunal de Justiça da União Europeia.

O Banco Central Europeu (BCE) multou o banco francês Crédit Agricole em 4,3 milhões de euros por falhas em procedimentos relativos a rácios de capital, disse hoje a instituição europeia em comunicado.

Segundo o BCE, em 2015 e 2016, o banco classificou instrumentos de capital como CET1 (‘Common Equity Tier 1’, uma medida de avaliação da solvabilidade de um banco) sem ter tido a sua prévia autorização.

O banco pode agora recorrer da decisão da instituição de Frankfurt para o Tribunal de Justiça da União Europeia.

As ações do Crédit Agricole fecharam hoje, na bolsa de Paris, a subir 0,27% para 11,83 euros.

Recomendadas

PremiumEugénio Rosa: “A substituição da administração do Banco Montepio é necessária”

“Sou totalmente contra uma administração que caia de paraquedas no Banco Montepio”, defende Eugénio Rosa, líder da lista C, candidata às eleição dos órgãos associativos do Montepio Geral.

PremiumPedro Corte-Real: “Há garantias do primeiro-ministro que o Montepio ia ser apoiado”

Pedro Corte-Real, que lidera a lista B para a presidência da Associação Mutualista Montepio Geral, defende que o Estado deve ajudar o Banco Montepio e diz que “esse apoio ainda não foi dado por falta de credibilidade das direções”.

Goldman Sachs quer aumentar diversidade étnica e de género nas cotadas do S&P 500 e do FTSE 100

A Goldman Sachs Asset Management diz que quer estar na vanguarda para impulsionar uma maior diversidade e inclusão nos conselhos de administração em todo o mundo.
Comentários