BI4ALL presente na 8ª edição do Jobshops ciências 2017

A tecnológica pretende oferecer aos formandos a possibilidade de desenvolver os seus conhecimentos em Business Intelligence (BI) através do desenvolvimento das suas competências técnicas em diferentes metodologias, assim como fomentar o seu pensamento analítico, tendo por base as diferentes vertentes do negócio.

A BI4ALL, empresa nacional na implementação de soluções de Business Intelligence (BI), marca amanhã presença, dia 27 de abril, na oitava edição do Jobshop Ciência, feira anual de emprego da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

O evento visa promover o contacto entre o mundo empresarial, a área internacional, o setor público e os estudantes finalistas e recém licenciados.

Desta forma, a tecnológica aposta na participação deste evento, na qualidade de patrocinador e irá partilhar a sua visão e experiência de mercado, quer a nível nacional quer internacional. A BI4ALL contará ainda com um workshop onde irá apresentar as suas políticas de Recursos Humanos e de que forma as mesmas têm impacto na retenção de talentos. O talento, foi desde sempre um pilar de desenvolvimento da BI4ALL. Exemplo disso, são as edições anuais do Talent Academy, que voltarão, novamente, a abrir portas, em setembro.

José Oliveira, CEO da BI4ALL, refere, em comunicado, que a presença da tecnológica neste tipo de eventos  “É extremamente importante (…) uma vez que nos permite contactar com um público relevante e essencial para a BI4ALL”.

 

 

Ler mais
Recomendadas

PremiumDobsware mergulha na realidade aumentada e prevê lançamento de protótipo em 2020

Empresa quer tornar a experência televisiva numa experência imersiva. O CEO da Dobsware diz que o conceito tem suscitado o interesse de investidores e que o próximo passo é a criação de uma demo.

Startup de Coimbra vence um dos “Óscares do Espaço”

O projeto ERMES – para monitorizar o estado das infraestruturas rodoviárias – venceu um dos oito galardões atribuídos pela Comissão Europeia e Agência Espacial Europeia.

Há cada vez mais e melhores startups na Madeira, frisa secretário regional de Economia

Rui Barreto garantiu que está a fazer um levantamento dos projetos que existiram nos últimos tempos , de forma a perceber de facto aqueles em que se conseguiu avançar e aqueles que não correram tão bem, salientando que esta é uma área a acarinhar e a estimular.
Comentários