Bolsa de Lisboa fecha na linha d’água com ajuda das energéticas

“A maioria das praças europeias acabou por encerrar em alta, no dia em que o mercado aguarda com expectativa as decisões de política monetária da Fed, que serão comunicadas às 19h00″, explica Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

A Bolsa de Lisboa encerrou a sessão desta quarta-feira, dia 11 de dezembro, em linha d’água. O principal índice bolsista nacional terminou as negociações de hoje com uma “ganho” de 0,01% para os 5.148,97 pontos, impulsionado sobretudo pelos títulos da Galp Energia (+0,42%, para 14,28 euros), da EDP – Energias de Portugal (+0,87%, para 3,71 euros) e da Jerónimo Martins (+0,20%, para 14,76 euros).

Tal como explicam os analistas do CaixaBank/BPI Research, a petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva, depois após ter atingido um máximo de 15,32 euros, tem vindo a corrigir, espelhando o recuo generalizado do setor. A ação voltou hoje a ganhar alguma força, embora os ganhos tenham sido contidos. Tecnicamente, a ação tem uma importante zona de suporte entre os 13,88 [euros] e os 14”, referem, numa nota de mercado enviada hoje.

No PSI-20, que acompanha o otimismo europeu, sobressaem ainda as subidas das empresas da pasta e do papel Navigator (+0,56%, para 3,60 euros) e da Semapa (+0,43%, para 13,94 euros). Por outro lado, em contraciclo, estão a Mota-Engil (-1,31%, para 1,81 euros) ou a Nos (-0,16%, para 4,98 euros).

Nas restantes praças do ‘Velho Continente’, reinaram igualmente as valorizações. O índice alemão DAX subiu 0,58%, o britânico FTSE 100 fechou também na linha d’água, o francês CAC 40 ganhou 0,22%, o holandês AEX somou 0,16%, o italiano FTSE MIB avançou 0,14% e o espanhol IBEX 35 subiu 0,77%. O Euro Stoxx 50 ficou igualmente marcado por uma valorização de 0,43%.

“A maioria das praças europeias acabou por encerrar em alta, no dia em que o mercado aguarda com expectativa as decisões de política monetária da Fed, que serão comunicadas às 19h00. É esperado que o banco central norte-americano deixe os juros inalterados, mas os investidores vão olhar muito para os sinais do que possa ser a política e as projeções económicas para 2020”, explica Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp.

Em relação aos preços do petróleo, a cotação do barril de Brent está a perder 1,29%, para 63,51 dólares, enquanto a cotação do crude WTI recua 1,05%, para 58,62 dólares por barril. Quanto ao mercado cambial, o euro aprecia 0,01% face ao dólar (1,1094) e a libra “valoriza” 0,21% perante a divisa dos Estados Unidos (1,3182).

Ler mais

Recomendadas

Nasdaq lidera quedas em Wall Street

As tecnológicas acentuaram as perdas, nomeadamente as FAANG. A Facebook perdeu 2,48%, a Apple cedeu 0,46%, a Amazon tombou 3%, a Netflix afundou 4,23% e a Alphabet, dona da Google, caiu 1,74%. Também a Microsoft teve uma sessão negativa, desvalorizando 3,09%.

Domingos Soares de Oliveira: “não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”

“Conforme é sabido, o nosso presidente tem uma relação pessoal com o treinador Jorge Jesus, portanto é natural que converse com o treinador, mas não não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”, vincou Domingos Soares de Oliveira.

PSI-20 fecha em alta com a ajuda do BCP que valorizou mais de 3%

O BCP foi a estrela da sessão ao subir mais de 3%. Mas a queda da EDP, depois das notícias de que a própria empresa deverá ser constituída arguida no processo de rendas excessivas, travou a subida do PSI-20 que fechou em alta, mas abaixo das principais praças da Europa.
Comentários