Bolsa portuguesa acompanha Europa em alta. BCP e EDP impulsionam PSI 20

Entre as principais congéneres europeias, o alemão DAX ganha 0,27%, o britânico FTSE sobe 0,01%, o francês CAC 40 valoriza 0,18% e o espanhol IBEX 35 soma 0,25%.

A bolsa portuguesa negoceia em terreno positivo esta segunda-feira, reforçando os ganhos do final da semana anterior, em linha com as principais praças europeias. O principal índice bolsista português (PSI 20) soma 0,32%, para 5.032,58 pontos.

Entre as principais congéneres europeias, o alemão DAX ganha 0,27%, o britânico FTSE sobe 0,01%, o francês CAC 40 valoriza 0,18% e o espanhol IBEX 35 soma 0,25%. Os investidores negoceiam atentos aos sinais de recuperação económica e aos primeiros resultados das empresas cotadas em 2021. Os últimos dados económicos da China e dos EUA foram considerados positivos e os investidores estão otimistas: a economia chinesa cresceu 18% até março, enquanto os EUA registaram um crescimento de 10% nas vendas a retalho, no final do primeiro trimestre, e o número semanal mais baixo de novos pedidos de subsídio de desemprego.

Não obstante, os investidores mantêm-se atentos à evolução da pandemia da Covid-19. Na última semana, as novas infeções por Covid-19 ultrapassaram a fasquia dos 5,2 milhões, o maior número desde o início da pandemia.

Nota ainda para as expectativas dos investidores para a próxima reunião do Banco Central Europeu. Apesar de não se anteverem alterações na política monetária do BCE, os investidores aguardam pela leitura de Christine Lagarde sobre a recuperação económica em contexto pandémico. Isto tendo em conta que a Comissão Europeia vai emitir 800 mil milhões de euros em dívida até ao final de 2026, a um ritmo médio de 150 mil milhões de euros por ano, para financiar o pacote de recuperação europeu.

Na bolsa portuguesa, o PSI 20 reforça o bom momento que marcou o fim da última semana, com os títulos do BCP e da EDP a impulsionar a primeira sessão da segunda quinzena de abril. O BCP avança 0,51%, para 0,1177 euros, e a EDP soma 0,40%, para 5,064 euros.

Os títulos da Jerónimo Martins (0,63%) e da NOS (0,53%) também contribuem para o bom arranque da sessão.

No mercado petrolífero, o Brent perde 0,34%, para 66,52 dólares, e o WTI recua 0,27%, para 63,02 dólares.

No mercado cambial, o euro deprecia 0,01% face ao dólar, para 1,1982 dólares. Na relação com a libra, a moeda da zona euro deprecia 0,12%, para 0,8647 libras. Já a libra aprecia 0,18% face ao dólar, para 1,3856 dólares.

Ler mais

Recomendadas

PSI-20 em ligeira queda contrasta com restantes praças europeias

O índice lisboeta terminou o dia quase sem variação, ao contrário da maioria das bolsas europeias, que avançaram num dia marcado por mais indicadores económicos que garantem algum otimismo na Europa.

Dow Jones volta a abrir no ‘verde’ após recorde da última sessão

A Etsy cai 2,06%, para 184,57 dólares, na sequência de ter reportado os resultados. As receitas da empresa liderada por Josh Silverman superaram as estimativas dos analistas, fixando-se em 551 milhões de dólares, mas o relatório e contas alerta que a venda de produtos na plataforma deverá cair.

Banco de Inglaterra mantém taxas de juro e sobe perspetiva de crescimento em 2021 para 7,25% (com áudio)

O banco central de uma das economias mais afetadas pela Covid-19 em 2020 mostrou-se otimista quanto à performance este ano, dada a evolução do programa de vacinação que tem levado a uma situação pandémica mais controlada.
Comentários