Bolsa portuguesa acompanha Europa em alta ligeira. Ganhos superiores a 5% dos CTT impulsionam PSI 20

Os investidores estão otimistas depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter decidido assinar quatro decretos para renovar de forma parcial o pacote de estímulos à economia e aos trabalhadores norte-americanos, afetados pela pandemia da Covid-19.

O principal índice bolsista português (PSI 20) soma 0,29%, para 4380,19 pontos, em linha com as principais congéneres europeias, prolongando os ganhos do início da sessão, esta segunda-feira, 10 de agosto.

Os investidores estão otimistas depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter decidido assinar quatro decretos para renovar de forma parcial o pacote de estímulos à economia e aos trabalhadores norte-americanos, afetados pela pandemia da Covid-19.

Desta forma, a administração Trump contornou as negociações entre o Partido Democrata e o Partido Republicano, que decorriam no congresso, sobre novos apoios à economia. Assim, Washington decidiu entregar 300 dólares por semana em subsídios adicionais para os desempregados e apelou aos Estados para financiarem em mais 100 dólares subsídios semanais, além da verba que o governo federal vai entregar.

As ordens executivos ainda contemplam um diferimento temporário de impostos sobre a folha de pagamento até ao final do ano para americanos que rebem menos de 100 mil dólares por ano, proteção contra despejo e o alívio de empréstimo estudantil.

Não obstante, a pairar sobre a negociação bolsista, está mais um episódio entre os EUA e China. O Mtrader do Millennium BCP, Ramiro Loureiro, conta que a China anunciou que “irá sancionar onze oficiais dos EUA, em retaliação sobre Hong Kong, respondendo assim às sanções a onze oficiais chineses por parte dos EUA”.

Em Portugal, os ganhos das ações dos CTT (5,35%), do BCP (1,58%) e Galp (0,90%) impulsionam o PSI 20. Também os ganhos da Corticeira Amorim (2,13%) e da Pharol (2,28%) contribuem para o otimismo na praça nacional.

Ler mais

Recomendadas

Bolsas europeias em correção. BCP e Galp pressionam PSI-20

Praças europeias fecham em correcção esta terça-feira, com perdas. PSI-20 recuou 1,35%, pressionado pelo BCP e pela energia. Queda do Brent penalizou a Galp.

Investidores indecisos em Wall Street aguardam primeiro debate entre Biden e Trump

Em Wall Street, o industrial Dow Jones desce 0,29% para 27,505.21 pontos, o generalista S&P recua 0,04% para 3,350.06 pontos e o tecnológico Nasdaq ganha 0,07% para 11,125.46 pontos.

BCP e Altri continuam a manter PSI 20 no ‘vermelho’

Praça lisboeta está agora a cair 0,57%, para 4.064,71 pontos nesta terça-feira, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.
Comentários