Bolsa portuguesa arranca em alta impulsionada por BCP e Galp

Entre as principais praças europeias, o britânico FTSE avança 0,22% e o espanhol IBEX 35 ganha 0,45. O alemão DAX recua 0,04% e o francês CAC 40 cede 0,09%. 

A bolsa portuguesa iniciou a sessão desta segunda-feira a negociar em terreno positivo, com o principal índice bolsista nacional (PSI 20) a somar 0,66%, para 5.182,97 pontos.

Entre as principais praças europeias, o britânico FTSE avança 0,22% e o espanhol IBEX 35 ganha 0,45. O alemão DAX recua 0,04% e o francês CAC 40 cede 0,09%.

Na bolsa portuguesa os títulos do Banco Comercial Português (BCP) e da Galp Energia impulsionam o PSI 20. O BCP avança 1,53%, para 0,1326 euros, e a petrolífera nacional ganha 1,48%, para 10,295 euros. A Galp negoceia em linha com o mercado petrolífero: o Brent cresce 0,56%, para 68,67 dólares, e o WTI valoriza 0,49%, para 65,22 dólares.

Os ganhos da Navigator (1,55%), da Sonae (1,73%) e da Pharol (8,48%) também alimentam o bom desempenho do PSI 20. Entre as empresas cotadas ainda se destaca a Mota-Engil, que soma 0,95%, para 1,480 euros. A construtora inicia hoje o aumento de capital de até 150 milhões de euros para permitir a entrada da chinesa CCCC no capital da empresa.

No mercado cambial, o euro deprecia 0,12% face ao dólar, para 1,2149 dólares. Na relação com a libra o euro deprecia 0,63%, para 0,8643 libras. A libra aprecia 0,60% face ao dólar, para 1,4056 dólares.

 

Recomendadas

Bitcoin volta a cair e vale menos 46% do que o recorde de abril

Alguns analistas apontam para o facto de as autoridades norte-americanas terem conseguido recuperar grande parte do resgate pago pela Colonial Pipeline, em bitcoin, ao Dark Side, o grupo de piratas informáticos que atacou o software que gere o oleoduto da empresa, segundo a “Bloomberg”.

PremiumBolsas europeias renovaram máximos históricos

A última quinzena de maio e o início de junho trouxeram renovação de máximos na Europa, mas em Wall Street já se começa a ver a lateralização.

Wall Street fecha semana no ‘verde’ com recorde do S&P 500

As tecnológicas destacaram-se nesta sessão. Já a Tesla deslizou 0,07% para 609,71 dólares pouco depois de ter revelado o seu novo modelo S Plaid, uma versão de ponta do sedan desportivo.
Comentários