Bruxelas diz que União de Mercados de Capitais fez progressos

Comissão Europeia assinala que foram obtidos acordos relativamente a 10 das 13 das propostas legislativas apresentadas, tendo três das propostas sido adotadas. Bruxelas apela a que líderes europeus se empenhem no projeto.

A Comissão Europeia fez um balanço positivo do processo da União de Mercados de Capitais (UMC) e apelou aos líderes europeus que se empenhem nos avanços do projeto.

“A Comissão adotou todas as medidas que se tinha comprometido a tomar no quadro do Plano de Ação para a UMC de setembro de 2015 e da respetiva revisão intercalar de junho de 2017, contribuindo deste modo para a criação dos alicerces essenciais da UMC”, refere Bruxelas num comunicado, divulgado esta sexta-feira.

Entre as medidas, a Comissão Europeia destaca “uma regulamentação mais simples, mais clara e mais proporcionada e a uma supervisão mais eficiente do setor financeiro”.

De acordo com o balanço da Comissão, foram obtidos acordos relativamente a 10 das 13 das propostas legislativas apresentadas, tendo três das propostas sido adotadas.

“Além disso, duas das três propostas da Comissão em matéria de financiamento sustentável também já foram objeto de acordo”, acrescenta. “A Comissão já adotou além disso dois regulamentos delegados que incluem a maior parte das medidas de execução necessárias para concluir a reforma do regime aplicável aos prospetos, naquilo que constitui mais um importante marco no caminho para a conclusão da União dos Mercados de Capitais”.

No Conselho Europeu da primaveira, que terá lugar a 21 e 22 de março, os líderes da União Europeia deverão debater a futura evolução do mercado único, incluindo a UMC.

Ler mais
Recomendadas

Wall Street anima com notícias da Fed e fecha no verde

Hoje instituição liderada por Jerome Powell disse que a taxa de juro diretora vai continuar no intervalo entre 2,25% e 2,50%, após a reunião de dois dias que terminou esta quarta-feira. O Dow subiu 0,15%.

Powell responde a Trump: “Tenho um mandato de quatro anos e pretendo cumpri-lo”

A guerra de palavras entre os presidentes da Fed e dos Estados Unidos não dá sinais de quebra. “A lei é clara”, disse Powell sobre o mandato, depois de Trump ter mostrado reticência quando questionado sobre um eventual plano para demitir o ‘chairman’ do banco central.

Fed mantém taxa inalterada, mas troca “paciente” por “agir de forma apropriada”

A ‘federal funds rate’ continua fixada num intervalo entre 2,25% e 2,50%, anunciou o Federal Open Market Committee (FOMC), após a reunião de dois dias que terminou esta quarta-feira.
Comentários