Cabo Verde tem novo embaixador nas Nações Unidas 

O diplomata Júlio César Freire de Morais vai assumir a partir de outubro as funções de embaixador de Cabo Verde nas Nações Unidas, conforme decreto assinado pelo Presidente Jorge Carlos Fonseca.

O diplomata Júlio César Freire de Morais vai assumir a partir de outubro as funções de embaixador de Cabo Verde nas Nações Unidas, conforme decreto assinado pelo Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca.

O decreto presidencial, de 10 de setembro e consultado hoje pela Lusa, refere que a nomeação foi feita pelo chefe de Estado sob proposta do Governo e que Júlio César Freire de Morais, embaixador de carreira, será embaixador e representante permanente nas Nações Unidas.

Contudo, o mesmo decreto refere que essa nomeação, em comissão de serviço, só produz efeitos a partir de 15 de outubro.

Entre outros cargos, Júlio César Freire de Morais foi recentemente diretor nacional de Política Externa de Cabo Verde e embaixador no Japão.

Um decreto presidencial de 05 de março de 2021 tinha dado por finda a comissão de serviço de José Luís Fialho Rocha no cargo de embaixador e representante permanente de Cabo Verde junto das Nações Unidas, com sede em Nova Iorque, com efeitos a partir de 30 de maio de 2021.

Recomendadas

São Tomé assumirá a próxima presidência da CPLP

De acordo com Santos Silva, a proposta partiu da Guiné-Bissau, que também se tinha mostrado interessada em assumir a presidência.

BAD aprova empréstimo a Cabo Verde para modernizar administração pública

O financiamento do banco visa melhorar a eficiência digital para uma melhor prestação de serviços públicos, modernização da administração, transparência e aumento do investimento do sector privado.

Portugal concede terceira moratória a Cabo Verde para o pagamento da dívida

O anúncio foi feito esta pelo Governo que aprovou uma nova suspensão do pagamento do serviço da dívida por parte da República de Cabo Verde, relativa aos empréstimos diretos concedidos.
Comentários