Câmara do Funchal apresenta nova proposta para dissolução da FrenteMar

O presidente da Câmara do Funchal refere que esta nova proposta “contempla as exigências dos partidos” com representação na Assembleia Municipal. “Estamos a fazer tudo o que é possível para que, através da cooperação e do diálogo, possamos em breve ver reunidas as condições para que estes trabalhadores possam sair da incerteza em que ficaram mergulhados, depois de chumbada a primeira proposta, e possam ser integrados nos quadros da Câmara Municipal do Funchal já no dia 1 de janeiro de 2021”, explicou Miguel Gouveia.

A Câmara do Funchal apresentou uma nova proposta para dissolução da FrenteMar. A medida foi aprovada em reunião de Câmara de modo a que seja submetida à Assembleia Municipal.

“Apresentamos uma nova proposta para a dissolução da empresa que contempla as exigências dos partidos com representação na Assembleia Municipal. Estamos a fazer tudo o que é possível para que, através da cooperação e do diálogo, possamos em breve ver reunidas as condições para que estes trabalhadores possam sair da incerteza em que ficaram mergulhados, depois de chumbada a primeira proposta, e possam ser integrados nos quadros da Câmara Municipal do Funchal já no dia 1 de janeiro de 2021”, explicou Miguel Gouveia.

O presidente da autarquia disse ainda que foram submetidos a consulta pública dois regulamentos, um para revisão do Prémio Literário Cidade do Funchal, Edmundo Bettencourt, e outro para as Bolsas de Criação Artística do Município do Funchal.

Relativamente às bolsas de criação artística Miguel Gouveia sublinhou que a autarquia pretende incluir na candidatura a Capital Europeia da Cultura, e vai permitir ao Funchal receber “alguns artistas e o seu trabalho na nossa cidade, procurando desta forma que se juntem aos talentos regionais e deem um novo impulso à arte, colocando o nome do Funchal no panorama europeu”.

A reunião de Câmara aprovou também o recrutamento de mais seis Técnicos Superiores ( três arquitetos e três engenheiros civis) para os quadros da Câmara Municipal do Funchal, para as áreas do Urbanismo, Protecção Civil e Departamento de Infraestruturas e Equipamentos.

Recomendadas

Câmara do Funchal aprova isenções de um milhão de euros para a economia local

Foram aprovadas isenções nas taxas de ocupação de espaço público e de publicidade, em áreas como o comércio, bares e restauração. A hotelaria, alojamento local e serviços terão isenções nas tarifas fixas para as taxas de água, e resíduos. Os profissionais do táxi terão isenção nas renovações das licenças e nas taxas de publicidade. Foram anunciadas também isenções nas taxas ligadas ao urbanismo.

Juventude Popular pede à Universidade da Madeira prolongamento do primeiro semestre

A JP Madeira diz concordar com a suspensão das aulas e avaliações devido à subida do número de infetados por covid-19 na região, mas alerta que esta suspensão “criou nos alunos e professores uma enorme pressão para a realização das avaliações de cada unidade curricular, e a falta de ação decisiva do Conselho de Gestão agravou a incerteza e pressão sobre os alunos desta universidade”.

Finalizada obra de repavimentação do Caminho da Ladeira. Custo chega aos 46 mil euros

A obra incluiu a pavimentação integral do Caminho da Ladeira, no troço compreendido entre a Estrada Comandante Camacho de Freitas e o Caminho da Terra Chã.
Comentários