PremiumCDS-PP quer baixar IRS, IRC e IVA

Um regime de baixa fiscalidade é uma das apostas dos centristas para a economia madeirense.

Um regime de baixa fiscalidade é uma das apostas dos centristas para a economia madeirense.

No programa centrista está prevista uma redução em 30% das taxas do IRS das famílias de menores rendimentos e da classe média, uma descida do IRC de 17% para 12% nos lucros até 15 mil euros e ainda taxas reduzidas para a Costa Norte e para o Porto Santo , e uma “baixa progressiva” do IVA de modo a que no fim da legislatura se alcance taxas de 4% no primeiro escalão, 9% no segundo e 18% no terceiro.

Os centristas calculam que esta redução de impostos tenha impacto de 30 milhões de euros no IRS, e que a descida do IRC dos 20% para os 17% tenha “efeito residual ou nulo” porque “permitiria aumentar” o investimento e a base tributável.

Já a descida no IVA, no entender do CDS-PP teria perda seria mínima.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 6 de setembro.

Recomendadas

PremiumFuncho abre apetite a projeto que recorda Legado madeirense

O projeto que está a ser desenvolvido pelo restaurante Terreiro, além da tónica na utilização dos produtos regionais, tem uma componente socioeconómica, na medida em que pretende criar valor para os produtores.

PremiumPrioridade do ministro dos Negócios Estrangeiros é levantar suspensão à TAP

O Governo português diz que não mudará um milímetro a política face à Venezuela. CEO da companhia aérea nacional calcula que suspensão pode causar prejuízo de 10 milhões de euros.

PremiumTrabalhistas britânicos tentam escapar à irrelevância política

Com a corrida à liderança dos trabalhistas reduzida a dois candidatos, o grande desafio do partido é o dia seguinte:Boris Johnson está em estado de graça e as últimas eleições foram um desastre de grande dimensão.
Comentários