Centro Cultural Português em Cabo Verde lança novo concurso de dramaturgia

As candidaturas devem ser entregues até ao dia 15 de abril. O vencedor recebe um prémio monetário no valor de 75 mil escudos.

O Centro Cultural Português em Cabo Verde/Camões – Instituto Português (Praia e Pólo do Mindelo) lança, em parceria com a Associação Artística e Cultural Mindelact, a segunda edição do Concurso Nacional de Dramaturgia. Segundo o regulamento, esta iniciativa visa estimular a escrita criativa e valorização da expressão literária em Língua Portuguesa, incentivar a produção de textos para teatro, bem como reforçar a arte cénica como um pilar representativo da cultura cabo-verdiana.

Podem participar todos os interessados com idade igual ou superior a 16 anos e com residência fixa em Cabo Verde. Ainda de acordo com o regulamento, que se encontra disponível nas páginas de Facebook do Centro Cultural Português da Praia e Pólo do Mindelo, bem como da Embaixada de Portugal, as candidaturas devem ser entregues até ao dia 15 de abril.

O júri é constituído por José Luís Peixoto (poeta e dramaturgo português), Mariana Faria (leitora do Camões I.P. em Cabo Verde, e vogal da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa na Uni-CV), e Olavo da Luz (cineasta e agente cultural cabo-verdiano).

O título da peça premiada e o nome do seu autor serão revelados no dia 6 de Maio, após o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP procedendo-se à entrega do prémio em data a anunciar. O vencedor recebe um prémio monetário no valor de 75 mil escudos. Ainda a sua obra será editada em livro e encenada numa produção teatral do grupo de teatro do Centro Cultural Português – Pólo do Mindelo, com apresentação pública em palco no Mindelo e no CCP da Praia, em 2020.

A primeira edição do Concurso Nacional de Dramaturgia aconteceu em 2017, em que a jovem luso-cabo-verdiana, residente na cidade do Mindelo, Lisa Pinheiro dos Reis venceu com o texto “Tudojunto sepa rado”. A sua obra foi editada em 2018 e apresentada no Auditório do Centro Cultural Português na Cidade da Praia e no Pólo do Mindelo, pelo grupo de teatro do Centro Cultural Português do Mindelo, com encenação de João Branco.

Recomendadas

Economia cabo-verdiana deverá continuar a crescer nos próximos quatro anos

FMI mostrou-se também satisfeito com a privatização da transportadora área Cabo Verde Airlines. No entanto salientou que Governo deve continuar a resolver “obstáculos” que impeçam a promoção do sector privado e a promover a arrecadação de mais impostos e redução das despesas públicas.

IEFP anuncia maior programa de estágios profissionais em Cabo Verde

Trata-se de um programa que visa uma melhor inserção dos jovens recém-formados no mercado de trabalho, segundo este responsável, que explicou que este instrumento define os subsídios de estágio para jovens com licenciatura e com formação profissional.

Governo de Cabo Verde quer Santo Antão como “ilha pioneira” no turismo responsável

O executivo cabo-verdiano já prometeu, através do Fundo do Turismo, disponibilizar, nos próximos três anos, “recursos substanciais” para investimentos no turismo em Santo Antão.
Comentários