PremiumChega duplica intenções de voto no mês seguinte às legislativas

Partido de André Ventura lidera aumento na intenção de voto pós-legislativas e ganha a quase todos. PSD teria a maior perda.

andre_ventura_legislativas_voto
Miguel A. Lopes/Lusa

O Chega é o partido que saiu mais beneficado junto dos portugueses no mês seguinte às legislativas. A sondagem “Pós-eleitoral Novembro 2019”, realizada pela Aximage para o Jornal Económico entre 8 a 11 de novembro, após a discussão do Programa de Governo, mostra que a força política criada por André Ventura obteve a maior variação positiva nas intenções de voto, ganhando 1,7 pontos percentuais, um acréscimo que lhe permitiria mais do que duplicar o resultado obtido nas urnas a 6 de outubro, com 67.826 votos (1,29%), destacando-se entre os recém-chegados à Assembleia da República.

Apesar de o Chega não ser o único partido a aumentar as intenções de voto em relação ao resultado das legislativas, visto que também o PS sobe 1,1 pontos percentuais e o Bloco de Esquerda tem um acréscimo de 0,9, a grande diferença é que os socialistas só conquistam abstencionistas (com um acréscimo de 2,8 pontos) e os bloquistas também concentram ganhos entre aqueles que não foram votar a 6 de outubro (1,4 pontos), conseguindo apenas a transferência de 0,2 oriundos do PS e 0,1 provenientes do PSD.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Premium“Na Madeira constrói-se bem”

O diretor comecial e de marketing da Hydro Portugal aponta a necessidade de a Madeira investir na criação de unidades hoteleiras certificadas.

PremiumPresidente da Asaval: “Não é possível uma plataforma substituir um avaliador”

Dirigente afirma que “pode existir alguma tentação” dos cidadãos em recorrer a estas tecnologias para pouparem custos e ter resultados imediatos. “Conhecimento técnico de um perito não é substituível”.

PremiumMiguel Abecasis: “Negócios adjacentes à consultoria tradicional atraem talento”

O sócio gerente da BCG em Lisboa afirma que, nesta área de atividade, as melhores decisões e os maiores erros têm sempre que ver com pessoas.
Comentários