Cidadãos do Reino Unido vão pagar depósito na compra de garrafas de plástico e latas de bebidas

“O anúncio do Governo surge depois de a série televisiva ‘Blue Planet II’ [apresentada por David Attenborough] ter destacado a ameaça da poluição dos oceanos, mostrando imagens de animais selvagens a comerem plásticos”, salienta a BBC. Esta iniciativa visa promover a reciclagem e também vai abranger as garrafas de vidro.

Em breve, os cidadãos do Reino Unido terão que pagar um depósito quando compram latas de bebidas e garrafas de plástico, de forma a promover a reciclagem e reduzir o desperdício. De acordo com a BBC, o depósito vai fazer aumentar os preços dos produtos, mas os consumidores poderão receber o valor do depósito de volta se entregarem as latas e garrafas usadas.

A iniciativa deverá estender-se a todo o Reino Unido, conjugando processos legislativos que estão em curso na Inglaterra, Escócia e País de Gales (enquanto na Irlanda do Norte também vai ser debatida essa possibilidade).

Das cerca de 13 mil milhões de garrafas de plástico (recipientes de bebidas) consumidas todos os anos no Reino Unido, mais de três mil milhões não são recicladas. Mas as iniciativas que estão a ser preparadas não se limitam ao plástico, abrangendo também as garrafas de vidro e as latas de bebidas.

Quanto ao valor do depósito, a BBC informa que ainda não está definido, mas faz referência a taxas similares que já são cobradas na Alemanha (cerca de 25 cêntimos de euro) ou na Suécia (oito cêntimos), por exemplo.

“O anúncio do Governo surge depois de a série televisiva ‘Blue Planet II’ [apresentada por David Attenborough] ter destacado a ameaça da poluição dos oceanos, mostrando imagens de animais selvagens a comerem plásticos”, salienta a BBC.

O secretário de Estado do Ambiente, Michael Gove, disse que não restam dúvidas de que o plástico está a “causar estragos” no ambiente marinho, lamentando que as garrafas de plástico e latas “acabem por ser despejadas para o chão ou atiradas para os rios, lagos e mar”.

Relacionadas

É seguro reutilizar a garrafa de água? Use e abuse

O mito é este: as garrafas de água de plástico libertam componentes tóxicos para a saúde. A verdade, segundo a Autoridade de Segurança Alimentar e Prevenção do Cancro, no Reino Unido, é outra. Pode usar e abusar da sua garrafa de plástico, desde que tenha alguns cuidados. Tome nota.

Quercus desafia portugueses a ficar 40 dias sem usar plástico descartável

Associação ambiental junta-se a iniciativa europeia para sensibilizar para o problema do plástico.
Recomendadas

Confederações patronais pedem reunião ao primeiro-ministro

“Os desafios que o país enfrenta num contexto tão exigente como o atual implicam uma convergência efetiva de esforços e a concertação com o sector privado da economia, primeiro responsável pela criação de emprego, pela geração de riqueza e pelo investimento”, argumentam CAP, CCP, CIP, CTP e CPCI.

Livro Verde: “O teletrabalho não pode, em nenhum caso, ser de recurso obrigatório”, defende CCP

No seu parecer à versão em consulta pública do Livro Verde sobre o Futuro do Trabalho, que termina esta terça-feira, a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal defende que o teletrabalho deve ser objeto de negociação coletiva e a sua regulação deve ser ponderada e não basear-se na realidade resultante da pandemia.

Mulheres entre a população ativa que está mais fora da força de trabalho na União Europeia

O Eurostat contabilizou os cidadãos que em 2020 não estavam empregados nem desempregados, mas que também não têm disponibilidade para procurar emprego por se encontrarem a estudar, a serem cuidadores informais ou por razões de doença ou de invalidez.
Comentários