Circulação do Jornal Económico dispara 70% até abril

A circulação total do Jornal Económico atingiu o valor mais elevado de sempre no segundo bimestre de 2019, com uma subida de 70% para uma média de 9.556 exemplares por edição, nos suportes em papel e digital, segundo os dados hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Controlo de Tiragem e Circulação (APCT). Obrigado pela sua preferência!

A circulação total do Jornal Económico atingiu o valor mais elevado de sempre no segundo bimestre de 2019, com uma média de 9.556 exemplares por edição, nos suportes em papel e digital, segundo os dados hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Controlo de Tiragem e Circulação (APCT).

Este valor representa um crescimento de 70% face à média registada no mesmo período de 2018. Por sua vez, a circulação paga total (excluindo ofertas e vendas a preços promocionais), em papel e digital, mais do que duplicou no mesmo período, com um crescimento de 108% para 8.627 exemplares. O JE foi a única publicação a crescer entre o primeiro e o segundo bimestre do ano, entre os vários jornais e revistas de informação geral e de economia e negócios.

Por sua vez, o líder no segmento dos económicos, o diário “Jornal de Negócios”, viu a circulação total subir 2,4 por cento em termos homólogos, para 10.379 exemplares por edição. Ainda no segmento dos económicos, a revista “Exame” caiu de 11.273 exemplares há um ano para 7.774 exemplares.

O crescimento do Jornal Económico tem sido constante desde janeiro de 2017, altura em que a circulação total era de apenas 4.305 exemplares, com uma circulação paga de 1.806 jornais por edição (ver gráfico). Esta performance, que contraria a tendência do setor, deve-se sobretudo ao crescimento das assinaturas e vendas digitais, que no segundo bimestre subiram 89% para 5.565 exemplares, mas também ao crescimento da circulação em papel, que aumentou 49% para 3.981 exemplares.

O Jornal Económico agradece a preferência e a confiança demonstradas pelos seus leitores, parceiros e anunciantes, renovando o compromisso de os servir com jornalismo independente, isento e rigoroso.

 

(Notícia em atualização)

 

 

Ler mais
Recomendadas

“Grandes indústrias francesas têm as nossas básculas”

Vencedor do Troféu PME diz que o reconhecimento do trabalho ocorre quando, em viagem a França, verifica que talhos, charcutarias e lojas gourmet têm as balanças comerciais da empresa.

Exportações de componentes automóveis atingem valor recorde de 5,6 mil milhões de euros

No acumulado da década, entre 2010 e 2019, a AFIA reportou que as vendas de componentes automóveis portugueses para o estrangeiro aumentaram 71%.

Grupo Vila Galé investe 3,5 milhões de euros em lagar no Alentejo

A empresa Casa Santa Vitória, do grupo Vila Galé, inaugurou este sábado um lagar para produzir os seus próprios azeites, no concelho de Beja, que implicou um investimento de 3,5 milhões de euros.
Comentários