Combustíveis: Gasolina sobe meio cêntimo. Gasóleo não mexe

Na semana passada o gasóleo tinha descido 0,5 cêntimos, acompanhado por uma queda de 1,5 cêntimos no preço da gasolina. Saiba onde encontrar os postos mais económicos.

A partir da próxima segunda-feira, a gasolina vai subir 0,5 cêntimos, enquanto o preço do gasóleo permanecerá inalterado, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais de acordo com fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico.

No mercado petrolífero a cotação do barril de Brent está a cair 0,13%, para 61,59 dólares, enquanto a cotação do crude WTI desce 0,21%, para 56,11 dólares por barril.

Saiba onde estão os postos com os combustíveis mais baratos:

Gasolina
Intermarché de Porto de Mós – 1.264 euros
Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.359 euros
Rede Energia Monte Gordo – 1.359 euros
Intermarché de Vilar Formoso – 1.379 euros
Intermarché de Castelo Branco- 1.389 euros

Gasóleo
Ecomarché de Vilar Formoso – 1.219 euros
Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.229 euros
Rede Energia Monte Gordo  – 1.229 euros
Intermarché de Ourém – 1.248 euros
Intermarché Belmonte – 1.254 euros

Recomendadas

AICEP apresenta Acelerador das Exportações Online

A AICEP vai concentrar todo o seu trabalho de junho no objetivo fixado pelo Governo de promover as exportações. Na próxima terça-feira, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, vai acompanhar a apresentação da nova ferramenta de Inteligência Artificial que é colocada ao serviço dos exportadores nacionais, o “Acelerador das Exportações Online”.

Bancos têm até hoje para enviar ao regulador planos de prevenção do branqueamento de capitais

Os bancos têm até hoje para enviarem ao Banco de Portugal os planos de financiamento e os relatórios de prevenção do branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo, depois dos prolongamentos dos prazos devido à covid-19. Numa situação normal, estes relatórios já deveriam ter sido enviados pelos bancos, mas o regulador e supervisor bancário anunciou a prorrogação dos prazos em abril, considerando que é de “particular importância” a qualidade da informação financeira e prudencial no atual contexto económico. O Banco de Portugal prolongou ainda, para 12 de junho, o reporte de informação financeira em base individual e o reporte de informação para fins de supervisão aplicável às sociedades financeiras, assim como a informação sobre empresas incluídas no perímetro de consolidação e sobre a evolução da carteira de crédito.

Proprietários tem até hoje para pagar primeira fase ou a totalidade do IMI

Os quase quatro milhões de contribuintes que receberam uma nota de liquidação do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) têm até hoje para efetuar o pagamento da primeira prestação ou da totalidade do imposto.
Comentários