Comércio de banana cai 18% na Madeira

Em termos de categoria de banana a extra teve uma quebra de 10%, enquanto que a de 1ª e de 2ª categoria caíram 20% e 44%.

O mercado da banana, na Madeira, caiu 18,3% no primeiro quadrimestre. Se analisarmos os resultados mensais verifica-se que em janeiro e fevereiro as quebras atingem os 28,6% e os 31,9%, dizem os dados da Direção Regional de Estatística (DREM).

Em janeiro e fevereiro foram comercializados 1.000.039 kg e 816.506 kg de banana. Em março e abril verificaram-se quebras na venda de banana, embora mais ligeiros, com descidas de 9,2% e 3,1%, para os 1.079.214 kg e os 1.281.302 kg.

Verificaram-se também descidas assinaláveis em termos de comercialização em diversas categorias de banana. Na extra a quebra foi de 10,2%, enquanto que nas de 1ª e de 2ª categoria chegou aos 20,6% e os 44%.

Recomendadas

Madeira está mais aberta à internacionalização mas ainda existem constrangimentos

O frete, a morosidade, e o valor acrescentado, foram alguns dos desafios identificados durante o debate sobre negócio internacional e fundos comunitários inserido na iniciativa Box Santander, que decorre na Praça do Município.

Pousada do Pestana em Câmara de Lobos é inaugurada hoje

Este empreendimento envolveu um investimento de quatro milhões de euros e a criação de 40 postos de trabalho.

Conservar alimentos no congelador: Dicas para bem comprar e congelar

Não se esqueça que para congelar alimentos o equipamento terá de apresentar quatro estrelas. Os congeladores de três servem apenas para conservar os produtos comprados já congelados.
Comentários