Conferência sobre o agroalimentar e o Pacto Ecológico Europeu realiza-se esta quarta-feira. Veja aqui

O ciclo de conferências “Conhecer para Decidir, Planear para Agir” é promovido pela Lusomorango, a maior organização de produtores portuguesa do sector das frutas e legumes, e pela Universidade Católica Portuguesa, numa iniciativa de que o Jornal Económico é media partner.

 

A última conferência do ciclo para a concretização de uma visão estratégica para o agroalimentar em Portugal realiza-se esta quarta-feira, 14 de abril, tendo por tema “Pacto Ecológico Europeu, do Prado ao Prato” e é transmitida pela plataforma multimédia da JE TV, a partir das 16:00.

A conferência incluirá uma mesa-redonda em que participarão António Serrano, CEO da Jerónimo Martins Agro-alimentar; Ana Trigo de Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde; Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP); e Hector Lujan, presidente e CEO da Reiter Affiliated Companies. O

O ciclo de conferências “Conhecer para Decidir, Planear para Agir” é promovido pela Lusomorango, a maior organização de produtores portuguesa do sector das frutas e legumes, e pela Universidade Católica Portuguesa, numa iniciativa de que o Jornal Económico é media partner.

As conferências realizam-se semanalmente, todas as quartas-feiras, e terminam esta quarta-feira. São transmitidas pela plataforma multimédia da JE TV (www.jornaleconomico.pt).

O objetivo desta iniciativa é “contribuir com uma visão estratégica global, integrando na reflexão toda a cadeia de valor agroalimentar nas várias perspetivas geográficas”, explicou ao JE o presidente do conselho de administração da Lusomorango, Luís Pinheiro.

Esta quarta e última conferência do ciclo contará com intervenções inicias de Luís Pinheiro e de Ricardo Reis, diretor do Centro de Estudos Aplicados da Universidade Católica, a que se seguirá a apresentação de um caso de estudo por José Pedro Salema, presidente da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA).

Além da mesa-redonda, que será moderado por João Confraria, professor da Universidade Católica, haverá um comentário final, a cargo de Eduardo Diniz, diretor-geral do Gabinete de Planeamento, Política e Administração Geral do Ministério da Agricultura.

A sessão de encerramento deste ciclo de conferências contará a participação de Margarida Mano, vice-reitora da Universidade Católica Portuguesa; de José Gonçalo Regalado, do Millennium BCP; e do presidente da CAP, Eduardo Oliveira e Sousa.

Recomendadas

Frulact adquire negócio da produtora IFF para expandir negócios para o Norte e Centro da Europa

Ao adquirir as unidades produtivas e plataformas da IFF na Alemanha, Suíça e França, o grupo com sede em Portugal irá aumentar a sua presença produtiva global de cinco para sete países e reforçar a atividade em França, chegando, com os seus produtos, a mais de 40 países

CAP quer trabalhadores testados e autorizados a regressar às explorações em Odemira

“É imprescindível que seja instituído um mecanismo fiável de testagens que permita a circulação de proprietários e de trabalhadores para efeito de acesso às produções agrícolas, mediante apresentação de comprovativo de teste negativo para a covid-19”, afirmou o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, Eduardo Oliveira.

Governo apresenta apoios extraordinários para sector do vinho na sexta feira

O Governo vai apresentar, na sexta-feira, um pacote extraordinário de apoios para o sector do vinho, face ao impacto da pandemia de Covid-19, estando a avaliar a possibilidade de um aviso para a destilação de crise.
Comentários