Contas dos partidos: PS e CDS-PP estão em falência técnica

O Partido Comunista (PCP) é o que tem melhor saúde financeira, a par com o Partido Social Democrata (PSD) e Bloco de Esquerda (BE) que acumulam poupanças no banco e têm-se esforçado em equilibrar as contas.

Cristina Bernardo

O Partido Socialista (PS) e o CDS-PP estão em falência técnica, segundo as contas anuais apresentadas junto da Entidade das Contas e Financiamentos Públicos (ECFP) relativas a 2018. O Partido Comunista (PCP) é o que tem melhor saúde financeira, a par com o Partido Social Democrata (PSD) e Bloco de Esquerda (BE) que acumulam poupanças no banco e têm-se esforçado em equilibrar as contas.

Segundo dados avançados pelo Correio da Manhã, o endividamento do PS é superior à dívida do PSD, BE, PCP, CDS, PEV e PAN em conjunto (14,41 milhões de euros). O partido de António Costa conta com um ativo de 15,99 milhões de euros e um buraco de 4,53 milhões de euros. Em comparação com o ano anterior, são menos 460 mil euros.

Já o CDS-PP tem ativos de 613 milhões de euros e um passivo de 1,07 milhões de euros, o que corresponde a 456 mil euros de buraco nas contas.

O PSD e o BE têm uma situação financeira mais confortável. O PSD tem ativos no valor de 29,8 milhões e uma dívida de 9,76 milhões. Feitas as contas, o partido liderado por Rui Rio tem um saldo positivo superior a 20 milhões de euros. Já o Bloco de Esquerda tem um passivo de 170 mil euros e um saldo positivo de 2,95 milhões de euros.

O PCP é o partido com contas mais sólidas. No banco, os comunistas têm mais de três milhões de euros. O partido liderado por Jerónimo de Sousa conta com bens no ativo de 19,62 milhões de euros e uma dívida de 2,5 milhões. Apesar de ter apresentado prejuízos de 825 mil euros em 2018, o PCP tem um saldo positivo de 17,12 milhões de euros.

Recomendadas

Novo aeroporto do Montijo: Câmara da Moita dá parecer negativo ao Estudo de Impacte Ambiental

“O município da Moita fundamenta a sua oposição ao projeto num conjunto de impactes negativos no território, no ambiente, na saúde, na segurança pública e nos valores culturais e patrimoniais existentes”, afirmou a autarquia.

Debate Costa – Rio visto por 2,66 milhões de espetadores

O debate entre Rui Rio e António Costa, transmitido na segunda-feira em simultâneo pela SIC, TVI e RTP1 foi visto por 2,66 milhões de espetadores, segundo dados da GFK/CAEM hoje divulgados.

Freitas do Amaral internado nos cuidados intermédios em hospital de Cascais

O antigo presidente e fundador do CDS Diogo Freitas do Amaral encontra-se desde segunda-feira internado nos cuidados intermédios no Hospital da CUF em Cascais, transmitiu hoje à agência Lusa fonte da sua família.
Comentários