Costa diz que trabalhos parlamentares encerraram com “chave de ouro”

Sobre o pacote laboral, aprovado apenas com o voto favorável do PS, abstenção de PSD e CDS-PP, e votos contra do BE, PCP, PEV e PAN, o líder do PS classificou-o como “uma legislação que, pela primeira vez desde 1976, reforça os direitos de quem trabalha”.

Carlos Barroso / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, saudou hoje a aprovação das alterações ao Código do Trabalho, considerando que “é uma boa legislação” que “honra o Partido Socialista”.

“Sim, esta é uma boa legislação e uma legislação que honra o PS”, afirmou.

No seu discurso de encerramento da Convenção Nacional do PS, que aprovou o programa eleitoral do partido, Costa começou por assinalar o fim, na sexta-feira, dos trabalhos parlamentares, que considerou terem encerrado “com chave de ouro”.

Sobre o pacote laboral, aprovado apenas com o voto favorável do PS, abstenção de PSD e CDS-PP, e votos contra do BE, PCP, PEV e PAN, o líder do PS classificou-o como “uma legislação que, pela primeira vez desde 1976, reforça os direitos de quem trabalha”.

Recomendadas

Congresso CDS-PP: Carlos Meira retira candidatura à liderança

Na retirada da candidatura Carlos Meira apelou a juízo e prudência.

Francisco Rodrigues dos Santos: “Não adianta diabolizarem-me, pois o partido conhece-me”

Líder da Juventude Popular respondeu ao apoio de Nuno Melo a João Almeida dizendo que estará “ocupado a fazer o CDS crescer no país para depois haver mais lugares na Assembleia da República”.

Nuno Melo apela ao voto em João Almeida

Eurodeputado manteve a sua tese de que o novo presidente do CDS-PP deve poder debater na Assembleia da República com António Costa. E deixa elogios a Assunção Cristas e Cecília Meireles.
Comentários