Covid-19: Cabo Verde apresenta Plano Nacional de Contingência

O documento responsabiliza a todos os intervenientes no processo de facilitação de normas e procedimentos, para a deteção precoce da entrada da Covid-19 no país, de seguimento de viajantes provenientes de países de transmissão ativa da doença e de implementação de ações da informação, educação e comunicação para o empoderamento da população.

O Plano Nacional de Contingência de Cabo Verde relativamente ao novo coronavírus (Covid-19) foi apresentado esta terça-feira como uma forma de o arquipélago responder ao contexto internacional imposto pela epidemia, com impactos a nível sanitário, social, económico e financeiro.

O plano, segundo o diretor nacional de Saúde cabo-verdiano, representa o culminar de um conjunto de medidas que este país vem tomando desde a primeira hora face a esta emergência internacional, tendo revelado que todas as orientações, normas e procedimentos já estavam em posse de todos os profissionais de saúde do arquipélago.

Artur Correia explicou que o plano contextualiza a epidemia a nível mundial, define responsabilidades ao nível central e descentralizado e descreve a organização da resposta, numa perspetiva multissectorial e pluridisciplinar, de forma a permitir uma abordagem que enfatize o compromisso do Ministério da Saúde de Cabo Vede.

O plano responsabiliza também a todos os intervenientes no processo de facilitação de normas e procedimentos, para a deteção precoce da entrada da Covid-19 no país, de seguimento de viajantes provenientes de países de transmissão ativa da doença e de implementação de ações da informação, educação e comunicação para o empoderamento da população.

Aliás, pressupõe “uma intensa atividade formativa de sensibilização dos profissionais e de todas as forças vivas, visando o enfrentamento da epidemia, mediante um conjunto de oito anexos normativos padronizados e em sintonia com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS)”.

A partir deste plano, espera-se que todas as instituições se inspirem nas orientações e se elaborem os seus respetivos planos sectoriais de contingência, de modo a densificar a capacidade de resposta do país face a esta ameaça internacional.

Ademais, pretende-se orientar todas as ações de prevenção e controlo da Covid-19 no país, no quadro de um conjunto de objetivos específicos, com o fito de descrever estratégias de detenção precoce de casos suspeitos, conforme preconizado pela OMS, no sentido de controlar e reduzir a dissimulação do vírus no país.

O documento define ainda a responsabilidades e prioridades dos níveis central e descentralizado, assim como organizar o fluxograma de resposta às emergências em saúde pública, orienta e recomenda medida de prevenção e controlo de forma ativa, imediata e oportuna e providencia análise epidemiologia com identificação de grupos de risco de entre outros.

Ler mais
Recomendadas

Economia cabo-verdiana cresceu 5,7% no quarto trimestre de 2019

A evolução homóloga do PIB de Cabo Verde resultou do maior contributo das despesas do consumo final e das exportações.

Transinsular é o primeiro armador nacional a retomar ligações diretas com Cabo Verde

Trata-se de um serviço regular direto (sem transbordo) com frequência quinzenal, desde Portugal (Lisboa e Leixões) para a Praia e Mindelo, que terá conexão com o serviço Atobá Interilhas, com serviço regular para as ilhas do Sal e Boavista. Vai arrancar no próximo sábado, dia 11 de abril.

China faz remodelação no Auditório Nacional em Cabo Verde

Situado no centro da cidade da Praia, é uma das salas de espetáculos do país. Adilson Gomes avançou que a conclusão da primeira fase das obras estava prevista para finais de junho.
Comentários