Covid-19: Madeira tem 82% da população residente vacina e 84% com vacinação iniciada

A Direção Regional de Saúde informa ainda que a taxa de cobertura da população residente com mais de 50 anos é superior a 95% e entre os residentes com idade entre os doze e os 24 anos a taxa de cobertura é superior a 75%.

A Região Autónoma da Madeira tem 82% da população residente com a vacinação completa contra a Covid-19 e 84% com uma das doses da vacina, indicam os  dados da Direção Regional de Saúde (DRS).

Já foram administradas 384.881 vacinas contra a Covid-19 na região autónoma, 205.620 são referentes à primeira dose e 203.355 doses dizem respeito à vacinação completa.

A Região aguarda ainda a validação dos registos das vacinas realizadas a utentes recuperados de Covid-19: 5.762 utentes.

Esta validação por parte dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde é determinante para atribuir a real taxa de vacinação completa registada na Região até à data.

A Direção Regional de Saúde informa ainda que a taxa de cobertura da população residente com mais de 50 anos é superior a 95% e entre os residentes com idade entre os doze e os 24 anos a taxa de cobertura é superior a 75%.

É possível observar também “uma distribuição homogénea da população vacinada por concelhos, superior a 80% de vacinação completa, com exceção dos concelhos de Câmara de Lobos e Santa Cruz”, refere a DRS.

Recomendadas
Provedor do Animal RAM

Madeira: Animais errantes e níveis de esterilização são os principais problemas diagnosticados pelo Provedor do Animal

O Provedor do Animal vai fazer uma recomendação à Associação de Municípios da Região Autónoma da Madeira (AMRAM), de onde destaca a não recomendação de canis intermunicipais.

Presidente cessante da Câmara do Funchal admite ser difícil assumir-se vereador

Miguel Silva Gouveia mencionou, após ter realizado na segunda-feira o último ato oficial, que tem, na hora de abandonar o cargo, uma “sensação ambivalente”.

Madeira: Tarifa social da água é competência dos municípios, defende PSD

Nuno Maciel garantiu que a Águas e Resíduos da Madeira (ARM), que tem a gestão das águas e resíduos em cinco dos onze concelhos, está a estudar este assunto e vai propor solução aos  municípios aderentes.
Comentários