David Justino defende que “não é óbvio” que Rui Rio decida recandidatar-se

“Enquanto isto durar com certeza que ele não vai apresentar [a decisão quanto à recandidatura à liderança do PSD]. Quando ele entender que tem a sua decisão tomada, ele anunciará. Não há tabu nenhum”, salientou David Justino na rádio TSF.

david_justino_psd_legislativas
Tiago Petinga/Lusa

O vice-presidente do PSD David Justino defendeu hoje que “não é óbvio” que Rui Rio decida recandidatar-se à liderança do partido, assinalando que este só anunciará a decisão quando acalmarem as críticas internas.

“Acho que o doutor Rui Rio, como já é reconhecido e característico da sua forma de atuar, não vai expressar-se quando existe este coro autêntico de apresentação de candidaturas, de críticas, de ataques, etc. Enquanto isto durar com certeza que ele não vai apresentar [a decisão quanto à recandidatura à liderança do PSD]. Quando ele entender que tem a sua decisão tomada, ele anunciará. Não há tabu nenhum”, salientou David Justino no programa da rádio TSF Almoços Grátis.

Questionado se o partido continua maioritariamente com Rui Rio, o vice-presidente social-democrata respondeu afirmativamente e sustentou que há condições para dar continuidade ao projeto que o atual presidente pôs em marcha há mais de ano e meio.

“Eu continuo a pensar que sim e, acima de tudo, continua a ser pertinente a estratégia e a opção que foi feita há um ano e meio”, disse Justino no programa da TSF em que debate com o presidente do PS, Carlos César.

A contestação interna à liderança de Rui Rio subiu de tom após os 27,9% de votos alcançados nas legislativas de domingo passado, tendo o ex-ministro e ex-dirigente Miguel Relvas considerado que “o PSD não pode ser um partido de serviços mínimos”.

Em sentido contrário, pronunciou-se o histórico dirigente social-democrata e ex-ministro Ângelo Correia, para quem Rio deveria anunciar até ao fim desta semana a recandidatura.

Também as distritais do PSD estão a tomar posição, umas a favor da continuidade de Rui Rio e outras contra.

Ler mais
Recomendadas

Restrições na área de Lisboa poderão ser levantadas “muito brevemente”, diz António Costa

O primeiro-ministro revelou esta quarta-feira que as restrições impostas na Área Metropolitana de Lisboa devido à pandemia de covid-19 poderão ser levantadas “muito brevemente”, uma vez que os focos de contágio identificados são “situações muito contidas”.

“Lá dentro cultura, cá fora artistas tauromáquicos algemados. Que maravilha”. Campo Pequeno chega ao Parlamento

O CDS estranhou a realização de um espetáculo num espaço habitualmente destinado a touradas e o líder do PAN partilhou com António Costa aquilo que apelidou como uma visão do futuro. O Campo Pequeno, em Lisboa, foi tema em debate entre CDS e PAN.

António Costa defende ‘paraministro’: “Convite a quem está fora da bolha partidária melhora qualidade da sessão política”

Durante o debate quinzenal, António Costa foi questionado três vezes pelos partidos sobre o convite do Governo ao CEO da Partex. O líder do Governo diz que é o seu “estilo” convidar personalidades independentes para colaborar em questões políticas e acusou direita de “mesquinhez” por trazer tema a debate.
Comentários