Deco alerta para compra de medicamentos pela internet

O Infarmed e a Agência Europeia do Medicamento têm alertado os consumidores para a compra online de medicamentos em sites não autorizados a comercializá-los, dado o risco de serem falsificados. Os medicamentos assim adquiridos podem não incluir substância ativa ou tê-la em quantidade desadequada, incluir um princípio ativo diferente do que anunciam ou, mesmo, substâncias tóxicas.

Todos sabemos que temos de ficar em casa. É a nossa melhor estratégia para nos protegermos e proteger os outros da COVID-19.

Mas quem precisa de comprar medicamentos com regularidade? Além de devermos ficar em casa, muitos medicamentos estão já falta nas farmácias de todo o país.

Alguns consumidores procuram resposta à escassez de medicamentos nas lojas físicas comprando fármacos através da internet.

Cuidado! O Infarmed e a Agência Europeia do Medicamento têm alertado os consumidores para a compra online de medicamentos em sites não autorizados a comercializá-los, dado o risco de serem falsificados. Os medicamentos assim adquiridos podem não incluir substância ativa ou tê-la em quantidade desadequada, incluir um princípio ativo diferente do que anunciam ou, mesmo, substâncias tóxicas. Portanto, os utentes arriscam piorar o seu estado de saúde, podem desenvolver outros problemas.

A recomendação é, pois, comprar medicamentos apenas em sites autorizados. Estes exibem um logótipo que pode ser “clicado” e que permite aceder ao site do Infarmed e para que verifique “se o estabelecimento está a funcionar de forma legal”.

Em alternativa às compras online, existem as entregas ao domicílio. Ligue para as farmácias mais próximas e pergunte se disponibilizam este serviço.

Há ainda a questão dos doentes que, normalmente, vão buscar a sua medicação aos hospitais, como os transplantados e que sofrem de esclerose múltipla, e que neste cenário de pandemia não devem dirigir-se aos mesmos. Se o farmacêutico hospitalar considerar que esses doentes ou os cuidadores não têm condições para se deslocar à unidade de saúde, contactam a farmácia da conveniência do utente e os medicamentos podem ser levantados aí.

Informe-se dos seus direitos.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via skype.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/sns-medicamentos/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”945″ slug=”sns-medicamentos” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/sns-medicamentos/thumbnail?version=1576006284534&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.sapo.pt” mce-placeholder=”1″]

Recomendadas

Equipamentos de aquecimento mais eficientes: quais os benefícios?

Referimo-nos a benefícios adicionais como o conforto térmico, a qualidade do ar, a redução do impacte ambiental ou a valorização do imóvel, cuja não consideração pode levar a que se subestime o real valor de melhorar o seu sistema de aquecimento.

Governo anuncia recrutamento de 200 trabalhadores para reforçar Autoridade Tributária

Autorização foi dada esta semana pelo ministro das Finanças. João Leão, e revelada esta terça-feira, pelo secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes.

Jantar de natal: como escolher o melhor bacalhau e polvo

Neste natal, é importante escolher bem o bacalhau ou o polvo que irá servir na ceia de natal. A DECO tem alguns conselhos para si.
Comentários