#dontdeportmelania toma conta de redes sociais após tirada humorística de Trevor Noah

O humorista insinuava na sua rábula humorística que a política de emigração de Donald Trump tinha por alvo deportar a sua esposa, Melania Trump, dos Estados Unidos.

O que começou como um segmento de comédia no The Daily Show, apresentado por Trevor Noah, onde o humorista afirmava que as políticas de imigração de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, tinham como intuito deportar a sua esposa Melania Trump, rapidamente tornou-se um dos assuntos mais discutidos na rede social Twitter através da hashtag #dontdeportmelania.

O humorista durante a sua rábula humorística fez uso de várias posições tomadas por Trump sobre imigração e tentou demonstrar que estas eram um método para tirar Melania dos Estados Unidos.

“Donald eu vejo o que estás a tentar fazer, mas eu não vou permitir que isso aconteça. Nós não vamos deixar que isso aconteça. Peço aos ‘fans’ do The Daily Show que se juntem a mim no twitter com #dontdeportmelania. Porque se este grande imigrante for forçado a sair do país os Estados Unidos não se podem considerar como sendo o melhor”, foi o apelo lançado por Trevor Noah, após apresentar a sua rábula durante o programa.

O presidente norte-americano tinha ordenado uma operação, em julho, que visava identificar, deter e deportar imigrantes que estavam ilegalmente no país.

O centro de pesquisa norte-americano Pew Research Center, 10,5 milhões de imigrantes viviam ilegalmente nos Estados Unidos em 2017. Quase dois terços vivem no país há mais de uma década.

 

 

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/defice-nos-estados-unidos/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”240″ slug=”defice-nos-estados-unidos” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/defice-nos-estados-unidos/thumbnail?version=1548696131007&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.sapo.pt” mce-placeholder=”1″]

Recomendadas

Regulador americano autoriza terceira dose da Pfizer para idosos e adultos de risco

A Food and Drug Administration (FDA) anunciou que os adultos com mais de 65 anos podem receber a terceira dose da vacina desenvolvida pela Pfizer/BioNTech, desde que seis meses após a segunda dose. A autorização estende-se ainda a adultos que estejam em risco elevado de contrair complicações severas após a infeção.

Sondagem indica que Lula ganharia as eleições presidenciais brasileiras à primeira volta

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ganharia as eleições presidenciais na primeira volta se as eleições, marcadas para outubro de 2022, fossem realizadas hoje, de acordo com uma sondagem de opinião divulgada na quarta-feira.

Josep Borrel manteve encontro com ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão

O chefe da diplomacia da União Europeia diz que o regime de Teerão está interessado em regressar a Viena para continuar as negociações em torno do Acordo Nuclear de 2015.
Comentários