Dos 30 milhões de euros que precisa, o Sporting tem procura de 11,5 milhões

As ordens submetidas até agora representam 38,4% do valor total da oferta e 76,8% do valor mínimo de subscrição da oferta, que é de 15 milhões de euros, explicou a SAD do clube de Alvalade, em comunicado.

A Sporting SAD anunciou que obteve, até ao final desta segunda-feiram procura de 11,523 milhões de euros na Oferta Pública de Subscrição de obrigações na qual pretende emitir 30 milhões de euros e que termina às 15 horas de quinta-feira.

“A Sporting SAD vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º-A do Código dos Valores Mobiliários, com referência à Oferta Pública de Subscrição
“SPORTING SAD 2018-2021” informar o mercado que, até ao final do dia de hoje, 19 de Novembro de 2018, foram recolhidas intenções de subscrição consubstanciadas em 965 ordens, que correspondem a um montante total de  11.523.455 euros (38,4% do valor total da Oferta e 76,8% do valor mínimo de subscrição da Oferta)”, explicou a SAD leonina em comunicado divulgado no site da CMVM.

“As ordens de subscrição recolhidas no dia de hoje correspondem a 43,8% do total de ordens
recolhidas até ao momento. O período de subscrição da Oferta decorre até às 15 horas do próximo dia 22 de novembro de 2018”, adiantou.

A emissão de dívida , que arrancou no dia 12 de novembro, é destinada para investidores no retalho e tem uma taxa de juro bruta de 5,25% e maturidade em novembro de 2021. Os títulos estão à venda nos balcões dos bancos que compõe o sindicato bancário de colocação: ActivoBank; Banco Best, Banco Carregosa, CaixaBI, CEMG, CGD, Millennium bcp e Novo Banco.

O empréstimo tem uma duração de três anos, sendo o reembolso efetuado ao valor nominal, de uma só vez, em 26 de novembro de 2021, salvo se ocorrer o vencimento antecipado, nos termos previstos.

Relacionadas

Sporting critica banca por não promover empréstimo obrigacionista

Francisco Salgado Zenha, vice-presidente e administrador da Sporting SAD, acusa a banca por não estar a apoiar a venda das obrigações da SAD sportinguista.

SAD de Sporting e FC Porto estavam em falência técnica no final da última época, aponta estudo da Universidade Europeia

A SAD do Benfica é a única, entre os três maiores clubes portugueses, a manter o seu passivo abaixo do valor do ativo.

Emissão de dívida do Sporting arranca ensombrada pela detenção de Bruno de Carvalho

As rescisões unilaterais dos jogadores Podence, Gelson Martins, Rafael Leão e Ruben Ribeiro, na sequência das agressões que sofreram no dia 15 de maio na Academia de Alcochete, poderão acarretar um custo de 6,8 milhões de euros para a Sporting SAD, de acordo com o prospecto da emissão de dívida. A detenção de Bruno de Carvalho ontem agrava este risco. O risco de não receber nada pelos jogadores e ainda pagar uma indemnização.
Recomendadas

Mediapro oferece-se para transmitir jogos da Liga francesa depois da quebra do contrato entre ambas as partes

De forma a evitar que os jogos de futebol profissional da liga francesa ficassem sem transmissão televisiva, a Mediapro disponibilizou-se para emitir os mesmos e direcionar as receitas para a Liga, deduzindo os custos da operação.

Eintracht de Frankfurt propõe português André Silva para novo logo da Bundesliga

O avançado português, que está a fazer a sua segunda época no Eintracht de Frankfurt, já marcou 13 golos em 19 jogos no conjunto das competições em que o emblema germânico está envolvido. André Silva está avaliado em 28 milhões pelo portal “Transfermarkt”.

Pode o futebol português confinar novamente? Veja o “Jogo Económico”

Nesta edição do Jogo Económico contamos com a presença de Gustavo Tato Borges, vice-presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública que, entre outras questões, vai esclarecer que riscos corremos, em termos de saúde pública, com a manutenção das Ligas profissionais de futebol.
Comentários