Duarte Zoio assume comunicação institucional da Vanguard Properties

Duarte Zoio foi editor do jornal “Semanário” entre 2003 e 2006, e entra na Vanguard Properties Portugal depois de nove anos na Ordem dos Psicólogos, onde exerceu a função de chief communications officer, a partir de 2012.

Duarte Zoio é o novo responsável da comunicação institucional da promotora imobiliária de luxo Vanguard Properties Portugal, informou a empresa em comunicado esta terça-feira, 1 de junho. Nesta função, Duarte Zoio terá o papel de “alavancar a reputação da empresa junto dos seus stakeholders e na divulgação dos seus projetos, nos quais terá uma participação ativa”, indica o documento.

Duarte Zoio conta com cerca de duas décadas de experiência profissional em comunicação, tendo sido editor do jornal “Semanário” entre 2003 e 2006, e entra na Vanguard Properties Portugal depois de nove anos na Ordem dos Psicólogos, onde exerceu a função de chief communications officer, a partir de 2012.

O novo membro da promotora imobiliária iniciou a carreira no jornalismo, tendo sido editor do jornal “Semanário” entre 2003 e 2006, e entra na Vanguard Properties Portugal depois de nove anos na Ordem dos Psicólogos, onde exerceu a função de chief communications officer, a partir de 2012.

Anteriormente tinha exercido funções como diretor de comunicação de um family office, entre 2010 e 2012, depois de ter sido consultor de comunicação de diversas empresas da área financeira.

José Cardoso Botelho, CEO da Vanguard Properties, refere que “a posição que temos no mercado nacional e a dimensão dos nossos projetos, assim como todas as iniciativas que temos vindo a desenvolver, justificava a contratação de alguém como o Duarte, que tem provas dadas na área da comunicação e que tem elevado dinamismo, adequando-se perfeitamente ao perfil de pessoa que precisávamos”.

Por sua vez, Duarte Zoio considera que o desafio de liderar o departamento de comunicação institucional da Vanguard Properties Portugal o entusiasmou desde o início, “uma vez que estamos a falar de uma organização que se apresenta como um exemplo do melhor que se faz no mercado imobiliário nacional, sendo este um setor extremamente dinâmico e fundamental para a nossa economia”.

Recomendadas

Plataforma de ‘crowdfunding’ imobiliário já angariou 800 mil euros em três projetos

Desde que teve autorização da CMVM para operar em abril de 2019, a plataforma “Querido Investi numa Casa” realizou a maior operação de crowdfunding imobiliário executada em Portugal, o ‘Common Prodigy I’ no valor de 550 mil euros.

Preço médio do arrendamento em Lisboa é de 1.235 euros mensais

Já na cidade do Porto, o valor médio de uma habitação é de quase menos 300 euros em comparação com Lisboa, mas é em Cascais que o preço médio do arrendamento é o mais elevado do país, com 1.511 euros por mês.

Fundo Corum XL atingiu o registo de mil milhões de euros de capitalização

A gestora de ativos imobiliários francesa alcançou a marca no passado mês de maio, contando neste momento com mais de 24 mil investidores.
Comentários