Trump arrasa ex-diretor do FBI: “É mentiroso” e “foi uma grande honra despedi-lo”:

Presidente dos EUA reage ao livro de Comey, prestes a ser publicado, no qual o ex-diretor do FBI diz que Trump “não tem ética”, é “desvinculado da verdade” e exige lealdade como se fosse um "chefe da máfia". Por seu lado, Trump diz que Comey é "fraco" e "desleal". Mais, "vazou informação classificada" e "deveria ser acusado" por causa disso.

Através da rede social Twitter, numa mensagem repartida por duas publicações, o presidente dos EUA, Donald Trump, critica violentamente o ex-diretor do FBI, James Comey, começando desde logo por o acusar de ser “um comprovado vazador [de informação secreta] e mentiroso”. A mensagem foi publicada hoje e Trump diz que Comey “vazou informação classificada” e “deveria ser acusado” por causa disso. Mais, afirma que “ele mentiu ao Congresso [dos EUA] sob juramento”.

Entre outros insultos, Trump diz que Comey é “fraco” e “desleal”. E conclui: “Foi para mim uma grande honra despedir James Comey!” Esta mensagem é a reação do presidente dos EUA ao livro de Comey – “A Higher Loyalty” – que está prestes a ser publicado. Nesse livro, de acordo com a Associated Press, Comey diz que Trump “não tem ética”, é “desvinculado da verdade” e exige lealdade como se fosse um “chefe da máfia”. Recorde-se que Comey foi afastado do FBI em maio de 2017.