Conheça melhor o certificado energético

O Certificado Energético permite-lhe conhecer a sua casa, perceber o que nela pode melhorar com a finalidade de reduzir os custos com energia e proporcionar um aumento do conforto do lar e do seu bem-estar. Assim, a certificação energética é o primeiro passo para obter benefícios económicos.

O que é o Certificado Energético?

É um documento que avalia a eficiência energética de uma casa numa escala de F (muito pouco eficiente) a A+ (muito eficiente), emitido por Peritos Qualificados independentes;

  • Contém informação sobre as características da sua casa: isolamentos das janelas, ventilação, climatização e produção de águas quentes sanitárias e o seu efeito no consumo de energia
  • Indica medidas de melhoria que podem ser efetuadas com o intuito de reduzir o consumo, melhorar o conforto do lar e como consequência a sua saúde, como por exemplo a instalação de janelas eficientes CLASSE+ ou o reforço do isolamento exterior ou interior, entre outras
  • Permite o acesso a benefícios fiscais e financiamento específico, quando disponíveis
  • Valoriza o seu imóvel

Investir na reabilitação da sua casa, de acordo com as indicações do Certificado Energético, melhora a classificação energética do seu imóvel, valorizando-o tanto na venda como no arrendamento, tornando-o também mais confortável.

5 passos para obter um Certificado Energético:  

1.      Procure e solicite propostas a vários Peritos Qualificados que atuem na sua zona. Peritos diferentes podem apresentar valores diferentes e propostas diferentes de interação com o proprietário. Procure-os aqui;

2.      Antes da visita do Perito Qualificado reúna toda a documentação referente ao imóvel. O perito indicar-lhe-á qual a informação necessária, quando efetuar o primeiro contacto. A consulta de todos os documentos permite uma avaliação mais ajustada à realidade da sua casa. Descarregue a lista da documentação necessária aqui;

3.      Facilite o acesso a todos os espaços da sua casa. A visita por parte do perito é obrigatória e permite a recolha de informação e a correta caraterização da sua casa;

4.      Acompanhe o processo de certificação e avalie, com o perito, as possíveis medidas de melhoria. Esclareça as suas dúvidas e aproveite o facto de ter um especialista à sua disposição e, em conjunto, veja como melhorar a sua casa e usufruir de todos os benefícios possíveis;

5.      Peça uma versão prévia do certificado e confira os dados que constam no documento. Antes da emissão definitiva, o perito poderá entregar-lhe uma cópia sem validade legal para conferir se a informação está de acordo com o que foi analisado na visita.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Despesas com educação e saúde feitas na União Europeia podem ser registadas no e-fatura

As pessoas que em 2018 tiveram despesas de saúde ou educação em outros países da União Europeia podem registar as respetivas faturas no Portal das Finanças e somá-las às restantes deduções do IRS.

Atenção, sr. contribuinte: Já só tem dois dias para validar faturas e poupar no IRS

Prazo para validar faturas termina a 25 de fevereiro. Se não o fizer, arrisca-se a receber menos reembolso do IRS ou a pagar mais.

IRS automático avança em separado para casais que não validem a declaração

Os casais que cumprem todos os requisitos para serem abrangidos pelo IRS automático verão o fisco calcular-lhes o imposto pelo regime da tributação em separado caso não validem nem recusem esta declaração durante o período de entrega do IRS.
Comentários