EDP Comercial cria funcionalidade para clientes poderem optimizar o consumo de energia

A nova funcionalidade vai permitir aos seus clientes terem maior controlo sobre a sua energia, acompanhando o consumo da sua casa a cada 15 minutos, terem uma previsão da fatura a meio do mês, perceberem qual a melhor opção horária e potência para os seus consumos, ao mesmo tempo que garante o envio automático de leituras

A EDP Comercial acaba de disponibilizar aos seus clientes uma nova funcionalidade que vai permitir aos seus clientes terem maior controlo sobre a sua energia, acompanhando o consumo da sua casa a cada 15 minutos, terem uma previsão da fatura a meio do mês, perceberem qual a melhor opção horária e potência para os seus consumos, ao mesmo tempo que garante o envio automático de leituras, anunciou a empresa em comunicado.

“A Gestão de Energia já está disponível para novos clientes do Pack Full EDP e pretende aumentar a literacia energética das famílias, contribuindo para um uso cada vez mais consciente e eficiente da energia”, diz a EDP.

“Os mais de 300 mil clientes que já aderiram aos Packs Living EDP têm também eletricidade 100% verde nas suas casas, contribuindo para um planeta mais sustentável”, refere o comunicado.

Com esta nova funcionalidade, a EDP Comercial pretende responder ao aumento de procura por “soluções sustentáveis, digitais, cómodas e informativas”.

Recomendadas

“AgentTesla”. Conheça o vírus mais perigoso para as empresas em Portugal

Este trojan de acesso remoto atingiu 6% das organizações nacionais no mês passado.

Saiba o que fazer quando o credor avança para cobrança judicial

É importante que esteja ciente que, enquanto devedor, todos os seus bens respondem pelo pagamento das suas dívidas.

Greenpeace pede à UE que proiba voos de curta distância e os substitua por comboios

A organização ambientalista Greenpeace pediu hoje à União Europeia para proibir voos de curta distância no seu território quando seja possível substituí-los por viagens de comboio com menos de seis horas, para reduzir as emissões de CO2.
Comentários