EDP valoriza PSI 20 no fecho da sessão e em sintonia com as praças europeias

Praça lisboeta fechou a sessão desta sexta-feira com uma subida de 0,16% para 5.315,53 pontos, seguindo a tendências das suas congéneres europeias.

Benoit Tessier / Reuters

O principal índice bolsista português, PSI 20, terminou a sessão desta sexta-feira a valorizar 0,16%, para 5.315,53 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias que encerraram a sessão a negociar em terreno positivo.

A fazer crescer o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas a Altri, que sobe 3,70%, para 6,17 euros, a EDP que valoriza 1,01%, para 4,1 euros e a Ibersol que cresce 2,38%, para 8,60 euros.

Em terreno negativo encontram-se a Galp, que desce 0,89%, para 15,01 euros, devido à fraqueza do setor, que se vem prolongando desde a semana passada. Já o  cai 1,23%, para 0,19 euros, continuando a ser um dos piores performers deste ano bolsista, penalizado pela apatia do setor, mas também por fatores intrínsecos à instituição. Entre estes fatores figura a situação na Polónia. O Bank Millennium na Polónia irá criar uma provisão de 150 milhões de zlotys para lidar com os custos legais associados à cedência de empréstimos em francos suíços durante as décadas passadas.

Pela negativa esteve também a construtora Mota-Engil que desvaloriza 0,77%, para 1,81 euros, a Pharol que desce 0,98%, para 0,10 euros e a Navigator que cai 0,77%, para 3,35 euros.

Na Europa a maioria das cotadas fecharam a sessão no ‘verde’ e com ganhos, que em média, superaram os 0.70%. A principal notícia do dia foi que a economia chinesa cresceu 6% no 4º trimestre de 2019. Na Alemanha, o DAX cresce 0,69%, no Reino Unido, o FTSE 100 sobe 0,83%, o francês CAC 40 valoriza 1,02%, o holandês AEX cresce 0,57%. Em Espanha, o IBEX35 valoriza 1,15% e o italiano FTSE MIB cresce 0,84%.

A cotação do barril de Brent valoriza 0,11%, com valor de 64,69 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 0,02%, para 58,53 dólares por barril.

No mercado cambial o euro desvaloriza 0,36%, para 1,10 dólares.

Ler mais

Recomendadas

PSI-20 desvaloriza mais de 3% e segue perdas da Europa

As ações do grupo EDP estão a afundar mais de 5%. Destaque ainda para a queda superior a 2% de cotadas como o BCP, CTT, Corticeira Amorim, Pharol, Sonae, Galp Energia e Navigator.

Praça portuguesa acompanha Europa em queda. BCP, EDP e Galp pressionam PSI 20

PSI20 cai 0,36%, para 4.871,00 pontos, em linha com as principais congéneres europeias.

‘Tapering’ é a palavra que a Fed quer abafar, pelo menos por enquanto

Mais estimulos orçamentais devido ao controlo do Senado pelos democratas e a perspetiva de um aumento do consumo pós-vacina fizeram aumentar as expectativas sobre a inflação e acender o debate sobre o ‘timing’da redução das compras de ativos pelo banco central. Jerome Powell deverá reiterar após a reunião de dois dias que ainda não é altura para essa discussão.
Comentários