El Corte Inglés e Aicep assinam acordo de cooperação para promover marcas portuguesas

O objetivo principal é aumentar o número de empresas e produtos portugueses que integram a cadeia de fornecimento online do retalhista em Portugal e Espanha.

O El Corte Inglés e a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) assinaram esta quarta-feira um acordo de cooperação na área do retalho online que vai permitir às empresas portuguesas comercializar os seus produtos no marketplace dos Grandes Armazéns.

O El Corte Inglés lança assim um marketplace só para marcas portuguesas.

O memorando de entendimento foi assinado por Enrique Hidalgo, diretor geral do El Corte Inglés e por Luís Castro Henriques, presidente da Aicep.

O objetivo primordial é aumentar o número de empresas e produtos portugueses que integram a cadeia de fornecimento online do retalhista em Portugal e Espanha, “indo ao encontro do objectivo da Aicep de contribuir para internacionalização da economia portuguesa, no âmbito da ação Rede de Fornecedores”’.

Este acordo é assinado numa altura em que o El Corte Inglés lança o marketplace online em Portugal para “promover marcas portuguesas, abrir portas para a internacionalização e fomentar o acesso das empresas portuguesas ao marketplace em Espanha, de forma a poderem internacionalizar os seus produtos, que, desta forma, adquirem uma plataforma acessível a muitos milhões de consumidores de todo o mundo”.

“Esta colaboração entre a Aicep e o El Corte Inglés deriva do reconhecimento da qualidade dos produtos portugueses e vem aliar-se ao compromisso de promover exportações portuguesas e de privilegiar grandes e pequenos fornecedores locais”, diz ainda o comunicado.

Através desta parceria, empresas portuguesas de diferentes sectores, nomeadamente moda, casa e tecnologia, poderão vender os seus produtos na plataforma de e-commerce.

O El Corte Inglés diz que “tem vindo a apostar de forma contínua na produção nacional em todas as áreas de negócio e sabe que, mais do que nunca, é essencial promover marcas portuguesas, cujos produtos são de reconhecida qualidade”.

“Uma das missões que o El Corte Inglés assumiu, desde que, há 20 anos, abriu as suas portas em Portugal, tem sido a de apoiar as marcas portuguesas, oferecendo as suas lojas, tanto cá, como em Espanha, como montras privilegiadas para os produtos e marcas Portuguesas. Com esta parceria entre o El Corte Inglés e a Aicep, acrescentamos um escaparate ainda maior, mais visível e mais abrangente, que é a montra digital”, explica Enrique Hidalgo, director-geral do El Corte Inglés Portugal.

“A Aicep tem vindo a desenvolver um trabalho de promoção da oferta portuguesa perante grandes empresas estrangeiras, facilitando informação e o consequente acompanhamento de todo o processo de qualificação de fornecedores, podendo assim contribuir para a internacionalização dos produtos portugueses. A parceria com o El Corte Inglés vem potenciar estes objectivos”, afirma o presidente da Aicep, Luís Castro Henriques.

Já ontegram o ‘marketplace’ do El Corte Inglés marcas como Luís Onofre, Fátima Lopes e Marta Ponti.

Recomendadas

EuroBic com prejuízos de 7,4 milhões de euros no primeiro semestre

O EuroBic registou prejuízos de 7,4 milhões de euros no primeiro semestre, graças a imparidades de ativos financeiros não mensurados pelo justo valor de 13,5 milhões de euros.

Empresas vão receber mais de 12 mil milhões de euros do PRR e do Portugal 2030

As verbas acumuladas dos dois programas perfazem um acréscimo de 75% face ao que as empresas receberam no Portugal 2020, realçou ainda Nelson de Souza, esclarecendo que, nos próximos quadros de financiamento, vai “haver muito mais incentivos às empresas para a área das alterações climáticas”.

Fidelidade faz parceria de 12 milhões com o Técnico para a construção do centro de inovação

O projeto orçamentado em cerca de 12 milhões de euros e que ocupará a antiga Gare do Arco Cego, em Lisboa vai chamar-se “Técnico Innovation Center, Powered by Fidelidade”.
Comentários