“Ele soa como nós”. Ex-líder do Klu Klux Klan elogia Bolsonaro

“Ele é sem dúvida um descendente europeu. Parece-se com qualquer homem branco nos EUA, em Portugal, Espanha ou Alemanha e França”, qualificou o David Burke, ex-líder do Klu Klux Klan.

Varela Notícias

“Ele soa como nós. E também é um candidato muito forte. É um nacionalista”, disse David Duke, o ex-líder da KKK à BBC, sobre Jair Bolsonaro, candidato apontado como favorito às eleições presidenciais no Brasil que vão ter agora a segunda volta.

“Ele é sem dúvida um descendente europeu. Parece-se com qualquer homem branco nos EUA, em Portugal, Espanha ou Alemanha e França. Tem vindo a falar sobre o desastre demográfico que existe no Brasil e a enorme criminalidade que existe ali, como por exemplo nos bairros negros do Rio de Janeiro”, afirmou Duke.

 

 

Recomendadas

Londres deixa de participar na maior parte das reuniões da União Europeia a 1 de setembro

“Muitas das discussões nestas reuniões com a UE têm a ver com a União depois da saída do Reino Unido. Libertar os representantes dessas reuniões permite que eles concentrem melhor os seus talentos nas prioridades nacionais imediatas”, afirmou Steve Barclay.

“O ideal era que todos saíssem vivos, mas preferimos salvar os reféns”, diz governador do Rio de Janeiro após sequestro

Wilson Witzel parabenizou o trabalho do BOPE e lamentou a morte do sequestrador. Aos jornalistas, o governador do Rio de Janeiro apelou para que “este tipo de atrocidade” não se volte a repetir e anunciou que a família do criminoso terá acompanhamento.

Nave espacial indiana chega à órbita lunar

A nave foi lançada a partir da base de descolagem Sriharikota, no sudeste indiano, a 22 de julho, uma semana depois da primeira tentativa de lançamento ter tido problemas técnicos e adiado.
Comentários